Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > ATIVISMO > No papel, MACONHA – por que no vaso não?

No papel, MACONHA – por que no vaso não?


Espalhe a boa !

Muito se tem falado por aí sobre o óleo de maconha rico em canabidiol (CBD). De repente, é como se todo um mundo novo tivesse se descortinado para os caretas & alienados de plantão, que finalmente começam a se render aos benefícios da cannabis para o tratamento das mais diversas doenças. Há até gente muito da mal intencionada que costuma dizer que a “luta pela legalização da maconha” começou a partir de uma recente campanha que, se teve o mérito de colocar a pauta na grande mídia que a subsidia, também teve o demérito de favorecer os tubarões da indústria farmacêutica em detrimento do direito universal do homem plantar seu próprio alimento/medicamento.

No meio de tamanho imbróglio, vale a pena lembrar que nem só de canabidiol são feitas as propriedades medicinais da maconha. O THC, entre outros canabinoides, também é rico em propriedades medicinais que podem melhorar a qualidade de vida de pessoas como Gilberto Castro, de 41 anos , que tem esclerose múltipla e precisa da erva para aliviar os sintomas.

Ele já conseguiu o direito de importar o Sativex, medicamento que custa entre R$ 1.200 a R$ 1.800. Gil necessita de pelo menos três frascos destes por mês e se pergunta: por que não pode plantar seu próprio remédio – o que lhe asseguraria qualidade e custo infinitamente mais baixos?

É para colocar o dedo na ferida de quem acha que importação é a solução que o coletivo paulista Prensa420 decidiu lançar esse mini-documentário no início do mês passado. A partir da história de Gilberto Castro, o vídeo expõe toda a hipocrisia e a incoerência de um país que agora permite a importação de óleo de maconha para os abastados que tem dinheiro para tal, mas continua recriminando uma simples planta que poderia crescer em qualquer canto e beneficiar muita gente.

Dá play e aproveita pra se inscrever no canal do Prensa420 no Youtube.

FICHA TÉCNICA:

No papel, MACONHA – por que no vaso não?
[2014, Brasil. Produção: Coletivo Prensa420, 14min]

Reportagem: Fabrício de Lima
Imagens: Fabbão, Fabrício de Lima
Edição: Fabbão
Trilha: Seixlack & Zopelar, Azuc, Freeplay Music
Parceria: Growroom

You may also like
Nova Zelândia legaliza uso medicinal da maconha
Comissão do Senado aprova descriminalização da maconha para uso medicinal
UFRN abre primeiro curso sobre uso medicinal da maconha
Descriminalização do cultivo de maconha para uso terapêutico pode ser aprovada esta semana no Senado

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.