CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > TECNOLOGIA > Apple volta atrás e libera aplicativo canábico

Apple volta atrás e libera aplicativo canábico


Ao que tudo indica a cannabis não está mais totalmente vetada na loja de aplicativos da Apple – mas tampouco está completamente legalizada.

Segundo reportagem do site TechCrunch, até o último dia 6 de fevereiro diversos aplicativos sobre maconha estavam banidos na AppStore, a exemplo do MassRoots, espécie de rede social para maconheiros, o que motivou protestos dos usuários nas redes sociais. Até uma petição com mais de 10 mil assinaturas foi enviada à empresa do finado Steve Jobs, maconheiro convicto e chegado num docinho.

massroots_screenshot

Para se redimir, na última sexta-feira (13/02), a Apple voltou atrás e autorizou o retorno do MassRoots à AppStore, segundo comunicado divulgado no blog da rede social. Mas com uma exigência: o aplicativo só estará disponível nas regiões onde a planta já está legalizada – o que até o momento representam 23 estados norte-americanos.

Nem todos os aplicativos canábicos são vetados, no entanto. Basta fazer uma busca por termos como “cannabis”, “weed” e “marijuana” para encontrar diversas aplicações disponíveis para quem está em outros países.