CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > CIÊNCIA > Teste de drogas através do cabelo não é confiável

Teste de drogas através do cabelo não é confiável


Considerado um dos mais eficazes meios para detectar o uso de maconha em exames toxicológicos, o teste de drogas através do cabelo está com os dias contados. Pelo menos é o que sugere um novo estudo publicado na revista Scientific Reports. 

Segundo os pesquisadores da Universidade de Freiburg, na Alemanha, os testes toxicológicos com cabelos são imprecisos e podem acusar positivo até mesmo em pessoas que nunca consumiram maconha.

A pesquisa buscou avaliar a presença do delta-9-tetra-hidrocanabinol (THC), além de seus precursores THC-COOH e THCA-A.

Os resultados mostram que nem o THC e nem o THCA-A são incorporados ao cabelo humano em quantidades relevantes após de absorção sistêmica.

Da mesma forma, quem nunca utilizou maconha também corre o risco de testar positivo num exame capilar simplesmente por ter tido contato indireto com a erva. “O THC-COOH, cuja presença é considerada uma prova incontestável do uso de maconha,  foi encontrado nos segmentos de cabelos mais antigos, que cresceram antes da ingestão do THC”, afirma o estudo.

Os resultados mostram que “os três canabinoides podem estar presentes no cabelos de indivíduos que não consumiram maconha por conta da transferência através de usuários, através de suas mãos e suor”. Fatores ambientais – como a fumaça – também podem “impregnar” no cabelo e acusar positivo num teste do tipo.

Embora o exame toxicológico do cabelo não seja muito comum no Brasil, em alguns países – incluindo os Estados Unidos – ele é a peça-chave em processos trabalhistas e familiares. Com esta reveladora pesquisa em mãos, espera-se que os juízes passem a refletir e a solicitar, quando necessário, a realização de teste de drogas mais precisos, como os de sangue ou urina.

Ficou curioso para saber por quanto tempo a maconha fica no seu corpo? Chega junto que eu te conto tudo!

You may also like
Uso medicinal de maconha pode prevenir mortes prematuras
THC pode impedir que portadores do vírus HIV desenvolvam AIDS
Estudo alemão aponta que THC pode reverter envelhecimento cerebral
Uso de maconha pode melhorar a função cognitiva em adultos

Leave a Reply