CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > CULTURA > SEXO > 7 motivos para transar chapado

7 motivos para transar chapado


Há uma série de atividades cotidianas que se tornam muito mais interessantes depois de consumir maconha, principalmente – e sobretudo – o sexo. Transar chapado pode não só intensificar o prazer, como também proporcionar uma série de outros benefícios para o casal (ou grupo, dependendo do momento e dos hábitos de cada um!).

Para entender como a cannabis influencia no sexo, é preciso levar em conta alguns dos efeitos dos canabinoides & terpenos no organismo. Capaz de afetar uma série de funções cognitivas e fisiológicas, a erva age sobre a memória episódica e a atenção, além de provocar alterações de espaço e tempo, percepção corporal, pensamento criativo, compreensão e empatia. Cada uma destas sensações, por si só, já promoveria uma enorme diferença nos encontros amorosos – o que dizer, então, delas todas juntas?

Mas é claro que não é qualquer maconha que vai aguçar o tesão (muito menos a palha paraguaia que costuma circular no mercado negro do Brasil). Há variedades mais indicadas para o sexo, como as que já abordamos neste post. Da mesma forma, não são todas as pessoas que reagem bem à erva. Há sempre aqueles desavisados que podem experimentar episódios de ansiedade e, até mesmo, paranoia – sobretudo em casos de usuários menos experientes ou strains sativas extremamente potentes.

Já os canabistas recorrentes geralmente não tem com o que se preocupar na hora do sexo, a não ser em usufruir – e ser usufruído.

A seguir, confira sete excelentes motivos para transar (sempre) chapado:

1) Quebrar o gelo

smokefuck

Não são apenas os bons drinques que ajudam a quebrar o gelo. O hábito de fumar maconha também consiste num dos pretextos universais para unir casais maconheiros pelo planeta afora. Não por acaso, uma pesquisa recente afirma que os maconheiros transam mais do que os caretas. Afinal, que desculpa pode ser melhor para encontrar aquele (a) paquera do que experimentar uma nova variedade de flor/concentrado? Baseado vai, baseado vem, e quando vocês percebem já estão se pegando cheios de intimidade em meio à fumaça.

2) Relaxamento

casal

A ciência comprova o poder da erva em aliviar sintomas de transtornos como ansiedade e síndrome do pânico. Ou seja: se bem dosada & administrada, a maconha alivia as tensões, relaxando corpo & mente. Sem tantas preocupações, fica mais fácil superar possíveis barreiras e entregar-se plenamente na hora do sexo.

3) Foco no prazer

relaxamento

A tradição tântrica diz que é preciso centrar-se no “aqui e agora” para atingir estados de iluminação através das práticas sexuais. Mesmo que você não esteja buscando tal elevação de espírito, fumar um antes & durante o sexo ajuda a concentrar no momento e focar tanto no próprio prazer, como no do parceiro (a). A erva também faz superar – ou pelo menos relevar momentaneamente – possíveis tretas e desavenças entre o casal, auxiliando na busca pela paz, entre muitos orgasmos (de preferência).

4) Tesão prolongado

putaria420

Não é preciso ser um mestre do tantra para prolongar o prazer: basta fumar a variedade certa de maconha, na companhia ideal, para intensificar as sensações durante o sexo. É como se a erva tivesse o poder de parar o tempo e aprofundar o tesão: o toque dos lábios durante o beijo, os cheiros, a pegada – tudo fica mais intenso e delicioso quando se está devidamente medicado.

5) Criatividade à flor da pele

sexo

Ao dar asas à imaginação, a maconha aprimora ainda mais o sexo. Afinal, nada melhor do que uma dose extra de criatividade para inovar nas posições ou inventar novas formas de satisfazer velhos fetiches. Ou, quem sabe, descobrir taras inéditas e irresistíveis.

6) Maior conexão

transarchapado_2

O sexo funciona mais ou menos como uma dança, exigindo coordenação entre os pares para que tudo flua da maneira mais harmoniosa – e prazerosa – possível. Ao aumentar a empatia, a maconha ajuda a entrar em sintonia com o parceiro (a) e leva a uma percepção ainda mais apurada dos desejos, sentimentos & reações do outro.

7) Menos mimimi

semmimimi

Dotada de propriedades ansiolíticas, a cannabis é excelente para suprimir inibições e demais barreiras morais que podem atrapalhar na hora do sexo. Até porque as únicas “amarras” permitidas na hora do prazer são aquelas utilizadas pelos adeptos do bondage.