CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > ATIVISMO > Chapou demais? Confira 6 dicas para contornar a situação

Chapou demais? Confira 6 dicas para contornar a situação


Nem sempre é desejável chapar demais com maconha – especialmente para quem faz uso exclusivamente medicinal da erva – ou precisa desenvolver alguma atividade específica na sequência que não dá conta de resolver doidão.

Seja em casos de usuários novatos, ou por conta de uma variedade mais potente, um dab mais bem servido ou, quem sabe, graças àquele bolonha (ou brigadeironha) mais forte do que o esperado. O fato é que o excesso de canabinoides no organismo pode causar algumas reações indesejáveis em algumas pessoas ou em determinados momentos.

Entre episódios de paranoia e ansiedade a sintomas físicos, como tremores, quedas de pressão (“teto preto”) e náuseas, os sintomas do excesso de maconha geralmente são passageiros e tendem a reduzir consideravelmente ao adotar-se algumas (ou todas) as seis dicas a seguir:

1) Mantenha a calma

Se o problema for ansiedade ou qualquer outro tipo de angústia existencial, simplesmente mantenha a calma! Procure relaxar, saiba que a paranoia – assim como todas as brisas da vida – é passageira. Respire fundo, converse com amigos de confiança, escute músicas agradáveis e busque mudar o foco ao menor sinal de um pensamento ou sentimento negativo.

2) Hidrate-se

Maconheiro esperto tem sempre uma garrafa de água à mão. Isso porque a sensação de boca seca é um dos efeitos colaterais mais comuns e desagradáveis da maconha. Dê preferência a água, água de coco e sucos naturais. Evite bebidas adoçadas e alcoólicas, que poderiam agravar o quadro.

3) Aposte na pimenta

Se a bad trip persistir, vale a pena tentar a técnica da pimenta-do-reino, cujos terpenoides parecem combater o mal-estar causado pelo consumo excessivo de maconha.

4) Exercite-se

Exercício físico é ideal para estimular a produção de endorfinas e reduzir o estresse. Além de ser uma excelente forma de gastar a brisa, claro! Tente caminhar ou praticar algum outro esporte de sua preferência – e veja como a bad trip desaparece quase que instantaneamente. Essa dica só não vale em casos de tontura ou teto preto.

5) Alimente-se

Se o problema for teto preto e queda de pressão, uma boa alternativa é tentar comer algo leve. Vale a pena ter itens como amendoim, barrinhas de cereais e frutas sempre à mão.

6) Vá para a cama

Se nada disso acima adiantar – ou você simplesmente só quiser/precisar cortar os efeitos da maconha da forma mais eficaz possível (por exemplo: se estiver extremamente chapado e precisar trabalhar no mesmo dia) – durma! Isso mesmo: depois de dormir, você acordará invariavelmente “careta”. Vale lembrar que dormir chapado é uma delícia, então desfrute sem moderação (a não ser quando tem horá para acordar, daí não se esqueça de programar o despertador!).