CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > CULTURA > CURIOSIDADES > Mary explica: o que é 710?

Mary explica: o que é 710?


O vasto universo da cultura canábica é permeado por palavras e gírias que, aos poucos, tornam-se parte integrante do vocabulário dos fumetas. É o caso da expressão “710”, apontada por muitos como o novo “420”, em alusão a um dos símbolos máximos da cultura maconheira no mundo.

Cada vez mais comum por aí, o termo refere-se aos concentrados de maconha, em especial as variedades extraídas com gás butano (butane hash oil – ou, simplesmente, BHO).

Mas por que justamente o numeral 710? Muito simples, basta virar a expressão de cabeça para baixo para ler: oil (óleo):

710

Origens do 710

Ao contrário do 420 – que possui sua origem atribuída a um grupo de estudantes da Califórnia, conhecido como “Waldos” – a autoria do 710 é totalmente incerta, até mesmo pelo caráter mais intuitivo da expressão (afinal, não precisa ser muito inteligente para perceber que 710 se parece com a palavra “oil” quando virado de cabeça para baixo).

O que se sabe é que, provavelmente, o 710 tenha sido associado ao BHO nos Estados Unidos, onde esse tipo de extração é muito comum. Embora não se saiba desde quando ele existe, o que se tem certeza é de que o número tornou-se popular com a mesma velocidade estonteante da demanda pelos dabs – sobretudo a partir de 2013, segundo informações registradas no Urban Dictionary.

oleo

No calendário

Assim como em 20 de abril comemora-se o “Dia da Maconha”, o dia 10 de julho (7/10) transformou-se no “Dia do Dab” (ou “Dia do Hash”), quando todos são convidados a degustar um bom concentrado full melt. Nos Estados Unidos, os estados que já legalizaram a erva organizam diversas ações comemorativa na data.

concentrados

No relógio

Seguindo a mesma lógica, todos os dias possuem dois horários dedicados aos dabs: 7h10 e 19h10. Isso sim que é horário nobre!