CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > ATIVISMO > REDUÇÃO DE DANOS > Uso frequente de maconha pode ser a causa de doença rara

Uso frequente de maconha pode ser a causa de doença rara


Polêmica, MUITA polêmica no ar!

Embora todos saibam que a maconha não mata, parece que a erva pode causar um problema de saúde raro, porém grave, conhecido como arterite temporal – que consiste numa espécie de inflamação dos vasos sanguíneos.

Pelo menos é isso que sugere uma matéria divulgada no fim da semana passada pelo jornal australiano The Age. Segundo a notícia, um homem de 26 anos – usuário frequente de cannabis – foi diagnosticado com a doença após procurar o hospital devido a um ferimento persistente no dedão do pé. Ele declarou fazer uso diário de pelo menos 1 grama de maconha.

De acordo com o cirurgião Dr. David Logo, o hábito canábico do rapaz teria sido o responsável por causar um acúmulo de placa bacteriana em torno das artérias do dedo. “A utilização constante de maconha pode comprimir os vasos sanguíneos periféricos, aumentando a resistência local e, em consequência, favorecendo a deposição de placas em torno das artérias”.

Dr. Logo também afirmou que a arterite causada por cannabis é um distúrbio raro (sendo este o primeiro caso registrado na Austrália), mas que pode levar à amputação de membros se não for diagnosticada a tempo.

Seja lá como for, #ficaadica pra você que adora incinerar tudo toda hora até a última ponta: D2, mas mantenha o controle – e procure o médico caso possua algum tipo de pereba que não cicatriza!