CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > EVENTOS > Curso inédito no Brasil aborda os diversos aspectos do universo da cannabis

Curso inédito no Brasil aborda os diversos aspectos do universo da cannabis


A maconha vai ser legalizada? Como sua imagem está se transformando? Ela vai ser aceita como remédio? O preconceito contra os usuários vai acabar? Existem oportunidades de empreendimentos à vista?

Essas e outras perguntas serão respondidas ao longo das seis aulas do Panorama Ganja Talks: o presente e o futuro da Cannabis”, que acontece a partir do dia 17 de novembro, sempre nas noites de segunda e quinta-feira.

Inédito no país, o curso traz uma visão geral sobre o universo canábico em seus mais variados aspectos, incluindo medicina, negócios e política.

As aulas acontecem em São Paulo, no Espaço Cult (r. Aspicuelta 99, Vila Madelana), mas serão transmitidas por streaming para todo o mundo. O curso presencial terá apenas 30 vagas. Já na internet, é possível se inscrever para aulas avulsas.

“A ideia é mostrar como o lugar da maconha na nossa cultura está passando por uma revolução. E como isso pode proporcionar oportunidades importantes em diversas áreas, dos direitos humanos à medicina, passando pelos negócios ”, diz Tarso Araujo, autor do Almanaque das Drogas e um dos organizadores do evento.

Professores

O curso aborda um eixo temático por dia, com professores experientes no tema: cultura, mídia, direito, negócios, medicina e política.

Entre os convidados, destaque para o deputado federal Jean Wyllys, que dará uma aula sobre a maconha na cultura e na política.

Um dos primeiros médicos brasileiros a prescrever cannabis, o neuropediatra Eduardo Faveret apresentará os resultados de sua ampla experiência no atendimento de crianças que usam extratos de Cannabis para o tratamento de formas severas de epilepsia.

Maryjuana na área

Fundadora deste site que vos fala, a jornalista Mônica Pupo ministrará a aula sobre comunicação e mídia ao lado de Guilherme Melles, editor da página do Facebook “Quebrando o Tabu”.

Os temas abordados incluirão a importância da mídia independente para o ativismo canábico, além da participação das mulheres na cultura canábica.

Participe

O curso é uma iniciativa do Ganja Talks, evento de cultura canábica criado por João Paulo Costa em 2015. “É mais um formato bacana para compartilhar conhecimento sobre a Cannabis de maneira didática, possibilitando o diálogo aberto entre as diversas formas de enxergar esse universo”, diz João, que também é fundador do aplicativo Who Is Happy, rede social focada em consumidores de cannabis.

As inscrições podem ser feitas neste link ou através do email [email protected].

Confira a seguir a lista completa dos professores e a data de cada aula:

Aula 1 – Cultura – 17/11

Tarso Araujo, autor do Almanaque das Drogas e diretor do filme Ilegal, apresenta uma história recente da Cannabis, e mostra como sua imagem está se transformando rapidamente para que a planta ocupe um lugar novo – e mais digno – na cultura do século 21.

Aula 2 – Direito – 21/11

Cristiano Maronna, advogado criminalista, diretor do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais e presidente do conselho da Plataforma Brasileira de Políticas de Drogas, fala sobre a lei brasileira de drogas, sobre o impacto social de sua aplicação e quais são seus possíveis desenvolvimentos no Brasil.

Aula 3 – Comunicação – 24/11

Guilherme Melles, editor do Quebrando o Tabu, fala sobre como a página de um filme sobre maconha se tornou um dos canais mais influentes do Facebook no Brasil. Mônica Pupo, criadora do Maryjuana.com.br, um dos principais veículos canábicos do Brasil, fala sobre como a voz da mulher é pouco ouvida no mundo da Cannabis – e sobre como isso precisa mudar.

Aula 4 – Uso Medicinal – 28/11

Eduardo Faveret, neuropediatra e epileptologista do Instituto do Cérebro, no Rio de Janeiro, apresenta os resultados de sua ampla experiência no atendimento de crianças que usam extratos de Cannabis para o tratamento de convulsões e a imagem da droga na medicina brasileira. Katiele Fischer, mãe de Anny Fischer, primeira paciente de maconha medicinal do Brasil, fala sobre o contexto dos pacientes e suas dificuldades para se tratar com a planta no país.

Aula 5 – Negócios – 1/12

Alexandre Perroud, fundador da Ultra 420, primeira rede de headshops do Brasil, fala do mercado canábico brasileiro, das características e oportunidades do cenário. João Paulo Costa, fundador do Who is Happy, rede social de usuários da cannabis, fala sobre os avanços do empreendedorismo canábico digital no Brasil e no mundo.

Aula 6 – Política – 5/12

Jean Wyllys, deputado federal autor de projeto de lei para legalização da cannabis, fala sobre as projeções da droga na arte popular, na linguagem, na moral e nos costumes, e sobre os caminhos para uma regulamentação no Congresso.