Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > ATIVISMO > PBPD > Campanha “Acolha, não puna” promove debate sobre drogas e internação forçada em SP

Campanha “Acolha, não puna” promove debate sobre drogas e internação forçada em SP


Espalhe a boa !
No próximo dia 26 de julho, ativistas de pelo menos 80 países participarão de eventos e ações diversas por conta do dia de ação global da campanha “Acolha, não puna” (“Support, don’t punish”).

Lançada em 2013, a data surgiu para sensibilizar o olhar da população sobre pessoas que fazem uso problemático de drogas.

Com o objetivo de refletir sobre o tema em São Paulo, o Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM) e a Plataforma Brasileira de Política de Drogas promovem um encontro entre especialistas da área da saúde para debater as múltiplas formas de tratamento para usuários de drogas.

O momento – e o local – não poderiam ser mais propícios. Foi justamente na capital paulista,mais precisamente no dia 21 de maio, que uma operação policial na região conhecida como Cracolândia desencadeou a abordagem do tema em manchetes de jornais e o debate em diversos espaços.

A discussão sobre a eficácia de internações para o uso problemático de drogas não é nova e está longe de chegar a um consenso. De um lado, Prefeitura e Estado de São Paulo anunciam a política de internação contra a vontade de usuários de droga, afirmando que falta aos dependentes “capacidade de decidir”. De outro, especialistas e movimentos sociais manifestam-se contra as internações forçadas, defendendo uma abordagem focada na autonomia de cada indivíduo.

Na mesa de estudos e debates do dia 26 de junho, pretende-se discutir esses diversos aspectos para aprofundar a compreensão sobre a política de drogas no Brasil.

Saiba mais sobre os expositores abaixo e clique aqui para se inscrever gratuitamente, lembrando que o evento também será transmitido online através deste link.

Expositores:

Arthur Guerra de Andrade
Professor da Faculdade de Medicina da USP

Coordenador do Programa Redenção PMSP.

Maria Angélica Comis  Psicóloga;
Mestre em Ciências – Psicobiologia/DIMESAD – UNIFESP;
Especialista em Medicina Comportamental e Terapia Cognitivo Comportamental pela UNIFESP;
Atua na área clínica desde 2004 e atuou como supervisora clínica em Terapia Cognitivo Comportamental – UniAnchieta;
Ex-Coordenadora de Políticas Públicas sobre Drogas (Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania).

Dartiu Xavier da Silveira
– Atualmente é professor livre-docente da Universidade Federal de São Paulo;
– Consultor do Ministério da Saúde;
– Professor-Orientador do grupo Cochrane do Brasil;
– Foi membro da American Psychiatry Association, da International Association for Analytical Psychology, além de pesquisador-colaborador da University of California (UCLA);
– Foi presidente da Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica e da Associação Brasileira Multidisciplinar de Estudos sobre Álcool e Drogas (ABRAMD).

Mediador: Maurides de Melo Ribeiro

 

You may also like
Comemorado em 27/11, Dia Nacional da Maconha Medicinal movimenta eventos pelo país
“Na fissura”: livro recém-lançado no Brasil expõe o fracasso global da guerra às drogas
China sedia mega evento voltado ao mercado de vaporizadores
Maconha para nosso bem-estar

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.