Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > CULTURA > Maconha e empoderamento feminino são temas de peça teatral em cartaz em SP

Maconha e empoderamento feminino são temas de peça teatral em cartaz em SP


O grupo Cia Pessoal do Faroeste lança a peça Curare, ficção cientifica teatral sobre o empoderamento feminino em 2084.

Ao completar 19 anos, a companhia teatral escolheu a mulher como tema de sua mais nova peça, que estreou no dia 3 de junho e segue em cartaz até 8 de outubro, na Rua do Triunfo, no Centro de São Paulo. Mas a peça não se prende a um único cenário, pois até a rua vira palco.

A peça é uma ficção científica escrita por Paulo Faria, fundador e diretor da Cia, e se passa em 2084. Na trama, livremente inspirada no conto “O Alienista”, de Machado de Assis, o médico Simão ganha uma versão feminina e negra, a Dra. Joana Bacamarte, uma médica que se une a quatro Amazonas do Apocalipse – Peste, Fome, Guerra e Morte, para curar com o óleo da cannabis, todas as mulheres no Brasil das dores de amor causadas pelo patriarcado. Ao fim de 70 anos de tratamento, todas serão libertas da Casa Cannabis de Redução de Danos, em 2084.

Neste Brasil ficcional, presidido por mulheres – elas governam há 70 anos – o empoderamento feminino protagoniza um período de ouro na história mundial, com a mulher plena em todos os seus direitos. O Brasil em 2084 é maior exportador de cannabis e petróleo do mundo e a medicina pública no Brasil é fitoterápica.

Inicialmente o trabalho teve como mote a questão do embate na cidade de Verona que fez com que as mãos de duas famílias se enchessem de sangue, uma questão não abordada na tragédia, Romeu e Julieta, uma das mais populares de W. Shakespeare.

Ao longo de processo de construção da narrativa que levou em conta a intensa troca com os moradores e habitantes da região da Luz e em meio a questões políticas urgentes do país, Curare abarcou livremente a obra machadiana para mais uma vez usar como fonte de pesquisa a vida social e política do povo brasileiro por meio de seu imaginário popular e de sua cultura, e com um olhar especial à cidade de São Paulo, especificamente a área central.

Serviço:

CURARE. Pessoal do Faroeste. Rua do Triunfo, 301. Tel.: 3362-8883. Sáb., 20h, 22h30, dom., 19h. Pague quanto puder. Até 8/10.

*Fotos: Divulgação

You may also like
Saiba como foi a Marcha da Maconha São Paulo 2018
Clicks da tarde de tendências e delícias na Popipe Headshop
Evento em SP reúne três das marcas canábicas mais inéditas e femininas do Brasil
Pico da Neblina: nova série da HBO imagina a legalização da maconha no Brasil

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.