CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > ESPORTES > CBD deixará de ser substância proibida pela WADA a partir de 2018

CBD deixará de ser substância proibida pela WADA a partir de 2018


A WADA (Agência Mundial Antidoping) anunciou na última sexta-feira que o canabidiol será retirado de sua lista de substâncias proibidas a partir de 2018.

Mais conhecida como CBD ou óleo de cannabis medicinal, a substância é uma das 113 canabinoides encontradas na cannabis sativa e compõe aproximadamente 40% do extrato da maconha.

Em forma de óleo, o canabidiol é vendido por farmácias licenciadas e prescrito por médicos nos EUA, em locais onde o tratamento é permitido.

Atualmente, todos os canabinoides são proibidos no período em competição pela WADA.

“Canabinoides não serão mais proibidos. O canabidiol sintético não é um cannabimimético. No entanto, o canabidiol extraído de plantas de cannabis também pode conter diferentes concentrações de THC, que continua a ser uma substância proibida”, escreveu a agência em seu website.

No ano passado, após ser derrotado por Conor McGregorno UFC 202, em Las Vegas, Nate Diaz apareceu na coletiva de imprensa pós-evento com um vaporizador eletrônico que continha óleo de CBD.

Nate já declarou outras vezes ser portador de uma licença para uso de cannabis medicinal. Em Nevada, estado americano onde fica Las Vegas, pacientes com licença para uso de maconha medicional podem comprar legalmente alguns tipos de CBD.

Na época, o lutador recebeu uma advertência pública da USADA (agência que regula o programa antidoping do UFC), porque apesar de ter feito o teste antidoping no vestiário, o lutador ainda poderia estar sujeito a ser testado novamente, já que o órgão considerava que o período “em competição” acabava seis horas depois da luta. No início deste ano, a USADA e o UFC mudaram a política antidoping da organização. Agora, o período “em competição” acaba assim que o lutador faz o teste antidoping após o combate.

*Fonte: G1

You may also like
Produtos à base de CBD invadem outdoors no Japão
Usuários de maconha exercitam-se mais do que não-usuários, aponta estudo
Cannabipiel: laboratório uruguaio lança creme à base de CBD
Em quem você confia mais: na indústria farmacêutica ou na natureza?

Leave a Reply