CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > CULTURA > TURISMO > Espanha desbanca Holanda e desponta como principal destino canábico da Europa

Espanha desbanca Holanda e desponta como principal destino canábico da Europa


Com a crescente popularidade dos clubes de cannabis, a Espanha assume a liderança entre as nações com maior número de maconheiros da Europa.

Embora Amsterdam continue sendo um dos destinos canábicos mais famosos do mundo, a Espanha deixou a Holanda para trás no ranking de países com mais usuários de maconha da Europa e América do Norte.

Pelo menos é o que apontam os dados aferidos pela Recovery Brands, entidade dedicada à operação de websites sobre sobre dependência e abuso de drogas.

Segundo o levantamento, a Islândia é o país com o maior número de maconheiros do mundo, com cerca de 160 a 190 usuários de erva a cada 1 mil adultos.

Em segundo lugar está os Estados Unidos, com 130 canabistas a cada 1.000 adultos.

Na sequência está a Espanha, onde estima-se que pelo menos 10% da população faça uso da erva.

Famosa por seus coffeeshops enfumaçados e atitudes liberais, a Holanda sequer figurou do “top 5” do ranking, que incluiu ainda a República Tcheca e França.

Espanha, a “Nova Amsterdã da Europa”

A Espanha também registrou preços mais baixos para a maconha do que outras partes da Europa, segundo indicam os mapas da Recovery Brands, construídos a partir de dados da ONU.

Apelidada de “nova Amsterdam da Europa”, a Espanha possui leis que permitem o uso e cultivo de maconha, favorecendo a existência de clubes sociais que atraem cada vez mais pessoas.

Regiões como Catalunha e País Basco, por exemplo, transformaram-se no epicentro dos maconheiros espanhóis, com a maior quantidade de clubes canábicos – 162 e 119, respectivamente.

*Foto: New York Times

****MARYJUANA COFFEE: EXPERIMENTE AGORA A PRIMEIRA LINHA DE CAFÉS ESPECIAIS DO PLANETA DESTINADA À HARMONIZAÇÃO COM CANNABIS****