CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Colorado possui mais lojas de maconha do que unidades do Starbucks ou McDonald’s

Colorado possui mais lojas de maconha do que unidades do Starbucks ou McDonald’s


O Colorado está para os maconheiros assim como a Disneylândia está para as crianças.

Verdadeiro paraíso para os amantes da erva, o estado americano – onde o uso de cannabis está permitido para fins recreativos desde 2014 – já possui mais lojas de maconha do que do Starbucks ou McDonalds.

Segundo o relatório divulgado recentemente pelo Rocky Mountain High Intensity Drug Trafficking Area, atualmente o Colorado possui 491 estabelecimentos que vendem maconha no varejo, contra 392 unidades do Starbucks e 208 do McDonalds.

De acordo com os dados, o consumo de maconha por jovens é 55% maior no estado do que a média nacional. Já entre os adultos, o número de usuários de cannabis é 124% maior do que a média nacional.

Os números foram aferidos com base em três períodos diferentes:

  • 2006 – 2008: era da pré-comercialização da maconha medicinal
  • 2009 – Presente: comercialização de maconha medicinal e era de expansão
  • 2013 – Presente: era de maconha recreativa

Partindo destas fases, o relatório determinou como a legalização da maconha afetou o Colorado e seus cidadãos, incluindo fatores relacionados a incidentes de trânsito, hospitalizações, problemas legais e outros.

Nova era

Ao que tudo indica, a juventude prefere maconha a cafeína ou junk food – o que, convenhamos, pode representar um salto na qualidade de vida e saúde pública.

Não por acaso, a economia do Colorado também vai muito bem, obrigada. Só neste ano, as lojas de maconha do estado já venderam mais de US$ 1 bilhão em cannabis apenas nos primeiros 8 meses, revertendo em mais de US$ 162 milhões em impostos para o estado.

Considerando-se que as vendas legais de maconha iniciaram em 2014, houve aproximadamente US$ 4 bilhões em maconha vendida no Colorado, sendo US$ 699 milhões em 2014, US$ 996 milhões em 2015, US$ 1,3 bilhão em 2016 e US $ 1,02 bilhão neste ano, que ainda não terminou.