CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > BRASIL > Justiça autoriza família de paciente a plantar maconha em casa no RN

Justiça autoriza família de paciente a plantar maconha em casa no RN


família de uma paciente idosa do Rio Grande do Norte conseguiu uma liminar da Justiça Federal para importar sementes e plantar maconha em casa para fins medicinais.

Este é o segundo caso autorizado por um juiz em pouco mais de um mês.

Desta vez, a maconha será utilizada como matéria-prima para a produção de um óleo terapêutico prescrito para o tratamento da idosa que sofre de mal de Parkinson.

Na decisão divulgada nesta sexta-feira (17), o juiz disse que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autoriza apenas a importação de medicamentos e produtos derivados da Cannabis, mas não das sementes da planta para a produção dos medicamentos.

Segundo o magistrado, a Anvisa não permite a produção do óleo da Cannabis sativa nem a importação da matéria-prima apesar da droga ter sido retirada da lista de proibidas para fins medicinais. Ele falou que por esse motivo o tratamento torna-se caro e o medicamento limitado a um público restrito.

“O impedimento da importação da matéria-prima finda inviabilizando que entidades sérias, como o caso das universidades, possam desenvolver pesquisas e auxiliar na produção do medicamento, barateando a produção e permitindo o amplo acesso da população brasileira ao tratamento”, disse o juiz.

*Fonte: Folhapress

You may also like
Menina com paralisia cerebral ganha na Justiça direito de receber óleo de maconha no Ceará
THC auxilia no tratamento da agitação em pacientes com Alzheimer
Pesquisadores brasileiros estudam o efeito antidepressivo do CBD
CBD pode auxiliar no tratamento do câncer de mama

Leave a Reply