CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > NEGÓCIOS > Mercado canábico emprega mais de 120 mil pessoas nos EUA

Mercado canábico emprega mais de 120 mil pessoas nos EUA


Regulamentar a produção e uso de maconha gera empregos e alavanca a economia dos EUA.

Com a maconha medicinal e/ou recreativa legalizada em mais da metade de seu território, os Estados Unidos já possuem mais de 120 mil pessoas trabalhando nas mais diversas áreas ligadas à erva. Isso sem falar nos milhões de dólares em receita tributária que têm engordado os cofres dos estados.

Mercado de trabalho

Com novos negócios canábicos surgindo a cada dia, as oportunidades de trabalho também se multiplicam. Segundo dados do 2018 Annual Marijuana Business Factbook, entre 125 mil a 160 mil pessoas trabalham atualmente no mercado canábico dos EUA. Este números incluem funcionários que lidam direta e indiretamente com a planta.

Entre os que lidam diretamente com a planta estão comerciantes, cultivadores, pesquisadores e fabricantes dos mais diversos produtos contendo cannabis. Já entre os funcionários que lidam indiretamente com a planta estão advogados, editores e designers, entre outros.

Ao que tudo indica, o número de pessoas trabalhando em tempo integral na indústria canábica já supera o total de bibliotecários ou professores de jardim de infância no país.

“A indústria da cannabis espera criar mais 340 mil empregos em tempo integral até 2022. Isso reflete um crescimento estimado de 21% ao ano, número significativamente maior do que as estimativas oficiais para outras indústrias e profissões”, concluíram os autores do estudo.

*Foto: AP Photo/Elaine Thompson

You may also like
Menina de 5 anos é autorizada a levar cannabis medicinal para escola na Califórnia
Legalização das drogas renderia mais de US$ 100 bi ao ano para os EUA
Estudo aponta que descriminalização da maconha não aumenta o uso entre jovens
Vendas de maconha no Colorado somam mais de US$ 122 milhões em maio

Leave a Reply