Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > VAPER > CULT > 6 questões para refletir antes de escolher um vape

6 questões para refletir antes de escolher um vape


Muitas dúvidas costumam surgir na hora de escolher um vaporizador, sobretudo para os vapers de primeira viagem. 

E não é para menos: com o crescimento do mercado canábico, nos últimos anos uma enorme variedade de vaporizadores foi lançada, com finalidades, marcas, materiais e preços diversos.

Tecnicamente falando, vaporizar consiste em aquecer a cannabis (ou seus derivados, como óleos e concentrados) até que se transforme em um suave vapor. Por não utilizar qualquer combustão, o método é considerado mais saudável do que o fumo tradicional, representando uma eficaz forma de redução de danos para canabistas.

Para facilitar a sua vida na hora de escolher um vape, elencamos seis questões fundamentais para refletir antes de tomar a decisão. Confira:

1) Xô, fake

Uma das consequências negativas do sucesso dos vapes é a crescente falsificação. Na ânsia por adquirir um vaporizador, muita gente não se liga nesse fato e acaba caindo em cilada.

Embora sejam praticamente idênticos na aparência, tais produtos não oferecem a mesma tecnologia e segurança que os originais, apresentando defeitos de funcionamento e, até mesmo, prejudicando a saúde dos usuários.

Para evitar isso, preste sempre muita atenção ao fabricante e escolha a dedo o fornecedor. Uma dica infalível é comprar através do site da NamasteVapes Brasil, maior revendendora autorizada de vaporizadores no país.

2) Flor ou concentrado?

Antes de optar por um vape, tenha em mente o tipo de substância que pretende vaporizar, pois existem equipamentos destinados ao uso apenas com flores e, outros, apenas para concentrados e/ou e-líquidos. Além disso, há vapes multifuncionais que servem para tudo isso de uma só vez, como os portáteis Grizzly Eclipse e Firefly 2.

Quem pretende vaporizar apenas flores tem à disposição modelos como o DaVinci IQ, que oferece precisão total no controle de temperatura, além de vapor puro e abundante, entre outros.

Já quem pretende adquirir um vape para utilizar somente com concentrados vai se dar bem com modelos como o Dr. Dabber Ghost e Grizzly Honey Dab Pen.

3) Portátil ou de mesa?

Definir ONDE se quer usar o vape também é um fator primordial, pois existem modelos portáteis e de mesa.

No geral, os vapes de mesa são mais potentes e eficazes, dispondo de tecnologia de ponta, a exemplos dos consagrados Volcano Digital e Arizer Extreme Q – ideais para quem deseja desfrutar do mais puro vapor no conforto do lar.

Já quem pretende vaporizar também no rolê deve optar pelos práticos modelos portáteis. Com tecnologia cada vez mais sofisticada, estes vapes são eficientes e fornecem diversas possibilidades de uso em qualquer ocasião.

4) Saiba como os vapes funcionam

Um dos principais fatores que se deve levar em conta antes de escolher um vape é a forma como ocorre o aquecimento das ervas dentro de sua câmara. São basicamente três maneiras: condução, convecção e híbrido.

Os nomes podem até parecer complicado, mas remetem a algo simples: a forma como o calor é passado para a erva – e esse pequeno detalhe faz toda a diferença na hora de vaporizar. Ele irá definir se o vapor sairá mais denso ou suave, com gosto mais puro ou torrado.

A condução geralmente fornece um sabor mais torrado e próximo ao método convencional (combustão), enquanto a convecção origina um vapor puro e suave, pois a erva ou concentrado não entra em contato direto com o forno, sendo aquecida através do calor passado pelo ar.

Também é importante ficar atento ao controle de temperatura, pois a cada vaporização você pode testar um nível de aquecimento diferente até achar o seu favorito.

5) Qualidade

A qualidade dos materiais também deve ser observada antes de se optar por um determinado vape. Equipamentos com câmaras de cerâmica ou vidro e sistemas de aquecimento por convecção costumam ser os mais indicados para quem deseja um vapor puro e saboroso.

O material do bocal, assim como o sistema de transporte de ar, também devem ser levados em conta. Dê preferência às peças de vidro, uma vez que bocais de plástico exigem reposição com frequência, além de deixarem um sabor residual típico.

6) Bateria

Ao optar por vapes portáteis, é importante conhecer a duração da bateria para não se frustrar durante o rolê.

Os tempos de carregamento e duração da bateria costumam variar bastante entre os modelos, sendo possível encontrar vaporizadores que carregam em pouco mais de 30 minutos e, outros, que levam até 3 horas.

A mesma lógica vale para a duração da energia: há vapes que suportam poucos minutos de sessão, enquanto outros aguentam até duas horas de uso.

Que tal começar a reduzir danos agora?

Conheça os vaporizadores mais incríveis do mercado! 

VAPORIZE JÁ

 

You may also like
Conheça os melhores vaporizadores de mesa do mercado
7 dicas para vaporizar flores
Assine já: Ideia Legislativa propõe a liberação de cigarros eletrônicos no Brasil
5 diferenças entre fumar e vaporizar maconha

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.