Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > VAPER > SAÚDE & BEM-ESTAR > Menos cigarros, mais vapor: saiba como a Islândia reduziu o número de fumantes drasticamente

Menos cigarros, mais vapor: saiba como a Islândia reduziu o número de fumantes drasticamente


Dados publicados recentemente pelo Ministério da Saúde da Islândia apontam que o aumento do uso de vaporizadores pode ser a causa da diminuição das taxas de tabagismo no país.

Uma das mais eficazes estratégias de redução de danos para fumantes, os vaporizadores permitem substituir os cigarros (e baseados) tradicionais, eliminando os males da combustão, mas sem abrir mão da do prazer de dar umas boas baforadas (seja no tabaco ou na erva).

Não por acaso, países que regulamentam o uso de vaporizadores – como é o caso da Islândia – registram uma queda drástica nas taxas de tabagismo, conforme reportagem do jornal Iceland Review.

Em 2017, 9% dos islandeses relataram fumar diariamente – uma queda de cinco pontos percentuais em três anos, de acordo com números publicados pelo governo do país. O uso diário de cigarros eletrônicos também aumentou no período, mas apenas 1% desde 2016, com 4% das pessoas relatando que utilizaram vapes todos os dias no ano passado.

Duas em cada cinco pessoas que utilizam vaporizadores também fumam cigarros comuns, mas esse número está em queda. Já um pouco menos da metade dos vapers abandonaram o hábito de consumir cigarros, o que representa 10% a mais do que em 2016.

“Não há outra maneira de interpretar esses números a não ser concluindo que, cada vez mais, as pessoas estão deixando de fumar para utilizarem vaporizadores”, comentou o médico islandês Dr. Guðmundur. Karl Snæbjörnsson.

Islândia cria legislação específica para vaporizadores

Disposta a regulamentar o uso de vaporizadores no país, a Islândia decidiu criar uma lei específica, que não possui vínculos com as regulamentações já estabelecidas do tabaco.

Prestes a entrar em vigor a partir de fevereiro de 2019, a legislação abrange aspectos como publicidade, além de estipular um limite de volume para a venda de e-líquidos contendo nicotina.

Um dos aspectos mais negativos desta lei para os entusiastas do vapor diz respeito à concentração de nicotina, que será limitada a 2%. Isso pode significar um problema para os fumantes que necessitam de uma dose maior da substância para conseguir deixar o cigarro comum.

A legislação também define imposto de 0,9% aplicado a todas as vendas de vapes, e-líquidos e acessórios, que será destinado a campanhas anti-tabagismo.

Que tal começar a reduzir danos agora?

Conheça os vaporizadores mais incríveis do mercado! 

VAPORIZE JÁ

 

You may also like
Novidade no Brasil, Fury 2 é um dos vapes mais compactos e potentes do mercado
Sem desperdício: saiba como reaproveitar a maconha vaporizada
Vape-ostentação: conheça os 3 vaporizadores mais sofisticados & estilosos do mercado nacional
G Pen Elite X G Pen Pro: saiba tudo sobre os vapes com melhor custo X benefício do Brasil

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.