Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > VAPER > SAÚDE & BEM-ESTAR > Guia de Terpenos #3: Pineno

Guia de Terpenos #3: Pineno


Em mais um artigo da série “Guia de Terpenos”, chegou o momento de conhecer mais um composto aromático muito comum na maconha, o pineno. 

Muito comum na natureza – sobretudo na planta referenciada em seu nome, o pinheiro – o pineno também está presente em diversas genéticas de cannabis, como veremos abaixo.

E se por acaso você sequer sabe o que são terpenos, fique tranquilo e  chega mais que eu te explico tudo!

Pineno: energizante e repleto de benefícios à saúde

Fórmula química do pineno: C10H16

Responsável pelo aroma amadeirado característico dos pinheiros, o pineno também é encontrado em diversas outras plantas na natureza, como eucalipto, alecrim, manjericão e sálvia.

Alvo de diversos estudos científicos, este terpeno é repleto de propriedades medicinais e muito utilizado na aromaterapia.

Classificado como um monoterpeno bicíclico, quando presente na cannabis o pineno atua em sinergia com os canabinoides – a exemplo do tetrahidrocanabinol (THC) e o canabidiol (CBD) – interferindo diretamente nos efeitos da maconha em seu organismo.

Sabor e aroma do pineno

O pineno está disponível na natureza em duas formas: alfa e beta, cada uma com seu perfil aromático distinto.

Enquanto o alfa-pineno possui um aroma de agulhas de pinheiro ou alecrim (sendo a variedade mais comumente encontrada na maconha), o beta-pineno tem aroma de endro, salsinha e manjericão.

De modo geral, as strains ricas neste terpeno se caracterizam pelo odor pungente e amadeirado.

Efeitos medicinais

Da mesma forma como diferentes canabinoides possuem diferentes efeitos, cada terpeno é dotado de propriedades medicinais distintas. No caso do pineno, estudos indicam que parte de sua eficácia deve-se à capacidade de ultrapassar a barreira hematoencefálica, atuando rapidamente no cérebro.

O alfa-pineno também foi considerado um broncodilatador eficaz, auxiliando na expansão das vias aéreas e tratando doenças como a asma, segundo estudo publicado na revista Inhalation Toxicology.

Outro estudo publicado na revista Molecules detalha como as diferentes formas de pineno são eficazes na inibição do vírus da bronquite infecciosa. Também existem evidências de que o terpeno seja capaz de melhorar a memória e a capacidade cognitiva.

Veja todos os benefícios que este terpeno traz à saúde:

  • Anti-inflamatório
  • Promove o estado de alerta
  • Reduz a ansiedade
  • Sedativo
  • Ajuda a combater a perda de memória de curto prazo associada ao THC
  • Broncodilatador
  • Anticonvulsivante
  • Alivia o estresse

Strains ricas em pineno

OG Kush é uma das muitas genéticas canábicas ricas em pineno

O perfil aromático das genéticas de maconha depende de uma ampla gama de fatores ambientais, incluindo métodos de cultivo, tempo de floração, secagem e cura.

Mas, no geral, o pineno é abundante em strains como Jack Herer, OG Kush, Durban Poison e Northern Lights, só para citar algumas linhagens consagradas e mais estabilizadas, que se destacam pelo aroma pungente e com toque amadeirado.

Bora desfrutar de todos os terpenos que você tem direito?

Vaporize e deguste o mais puro aroma das flores e concentrados!

VAPORIZE JÁ

 

You may also like
Conheça os melhores vaporizadores de mesa do mercado
Guia de Terpenos #4: Linalol
7 dicas para vaporizar flores
5 diferenças entre fumar e vaporizar maconha

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.