Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > VAPER > TECH > Aprenda a limpar o seu vaporizador de ervas

Aprenda a limpar o seu vaporizador de ervas


Espalhe a boa !
  • 44
    Shares
Limpar o vaporizador de ervas regularmente é fundamental para a manutenção do equipamento, além de garantir nuvens de vapor puras e saborosas. Mas, afinal de contas, como proceder com essa delicada limpeza? Descubra a seguir!

A limpeza regular do vape é um dos pontos cruciais para garantir o sucesso da vaporização. Qualquer resíduo de flores velhas dentro da câmara de ervas é capaz de prejudicar o sabor dos vapores e danificar a unidade de aquecimento, entre outros componentes, o que é pode comprometer – muitas vezes de maneira irreversível – o desempenho do aparelho.

Não é frescura, é necessidade!

Se você ainda não está convencido da necessidade de limpar o seu vape regulamente, saiba que o contato entre a erva, o vapor aquecido e os demais elementos do aparelho – incluindo câmara de aquecimento e bocal – tendem a gerar resíduos pegajosos que se acumulam após algumas utilizações.

A consequência disso é uma queda brusca no desempenho do vape. Afinal, quanto mais sujeira, mais lento o funcionamento do dispositivo que, consequentemente, produzirá vapores de menor qualidade.

A insistência no uso de um vape sujo pode levar ao bloqueio gradual do fluxo de ar e, até mesmo, a danos permanentes.

Com que frequência devo limpar o vaporizador de ervas?

A frequência de limpeza deve variar conforme o uso, além das preferências pessoais de cada vaper. No entanto, fabricantes e especialistas no assunto recomendam que os vaporizadores sejam limpos ao menos uma vez por semana.

Passo a passo

Como existem diversos tipos de vaporizadores de ervas no mercado, a limpeza pode variar conforme os materiais e peças que compõem cada um deles. Portanto, sempre verifique o manual de instruções fornecido pelo fabricante para saber se existe alguma recomendação específica para o seu vape.

A seguir, apresentamos dicas gerais para proceder com a “faxina”:

1- O primeiro passo é desmontar cuidadosamente o equipamento. No geral, os vaporizadores de ervas consistem de bocal, câmara de aquecimento e bateria.

2- Esvazie completamente a câmara de aquecimento, removendo qualquer resquício de erva. Para facilitar, você pode fazer isso dando pequenas batidas em cima de um cinzeiro ou mesa – e fique atento, pois alguns modelos de vape possuem uma pequena tela neste compartimento, que obviamente você não deseja perder. Se quiser, reserve a erva já vaporizada para utilizar novamente, como ensinamos aqui.

3- Utilize um pequeno pincel de limpeza (que geralmente vem junto com a maioria dos vapes) ou um cotonete seco para remover cuidadosamente qualquer resto de erva das laterais e do fundo da câmara de aquecimento. Remova também quaisquer partículas que estejam entupindo a tela dentro da câmara (se houver). Jamais utilize álcool ou qualquer outro produto para limpar o interior deste compartimento, evitando assim possíveis danos à fiação do dispositivo.

4- Chegou a hora de limpar o bocal, o que pode ser feito seguindo o mesmo procedimento acima, valendo-se do pincel de limpeza (ou de um cotonete). A parte externa pode ser limpa com um pano ou algodão. Alguns bocais – sobretudo aqueles feitos de vidro – podem ser embebidos em álcool isopropílico, o que facilita MUITO a remoção de todos os resquícios de resina. No entanto, verifique primeiro o manual do usuário para ter certeza de que o material pode entrar em contato com o álcool.

5- Verifique a situação da bateria e remova qualquer resquício de poeira ou sujeira para garantir o máximo de potência ao seu vape.

6- Por fim, basta remontar o vaporizador e dar aquele polimento geral na parte externa utilizando um pano seco ou levemente umedecido em água.

Que tal começar a vaporizar agora?

Conheça os vapes mais incríveis e discretos do mercado! 

VAPORIZE JÁ

 

You may also like
Uso de vaporizador intensifica os efeitos da cannabis
Pesquisadores franceses testam eficácia dos cigarros eletrônicos
Boas, baratas e discretas: conheça as melhores canetas vaporizadoras de concentrados
Guia de Terpenos #6: Beta-cariofileno

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.