Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > VAPER > CULT > Carcereiro desenvolve vaporizador para detentos nos EUA

Carcereiro desenvolve vaporizador para detentos nos EUA


Espalhe a boa !
  • 8
    Shares
Vaporizar na cadeia é a nova tendência em Kentucky, nos Estados Unidos, onde um carcereiro criou um vape específico para detentos.

Cigarros (convencionais e eletrônicos) costumam ser proibidos na maioria das prisões norte-americanas, causando abstinência nos internos tabagistas e, consequentemente, gerando ainda mais clima de estresse.

Foi pensando nisso – e na sua própria segurança e a de sua equipe – que Jamie Mosley, carcereiro da Laurel County Jail, em Kentucky, surgiu com uma solução inovadora. Ele criou o Crossbar, um vaporizador projetado especificamente para os presos.

Em recente entrevista para a Vice News, Mosley declarou que “estava apenas tentando resolver um problema dentro do meu trabalho”.

O agente penitenciário ressaltou o fato de que a proibição do tabaco gera enormes problemas para os carcereiros, que precisam lidar com as situações de tensão entre os detentos – muitos sofrendo de abstinência de outras drogas também.

Quer desconto para comprar um vape novo?

Utilize o código MARY5 e garanta 5% OFF no seu vape!

CLIQUE AQUI

 

“É desesperador”, relatou o detento do condado de Laurel, Joshua Wagers, sobre a retirada abrupta da nicotina. “Você pode imaginar o que é fumar dois maços de cigarro por dia para, de repente, nada”.

Vape para presos

Criado em 2012, o Crossbar possui total segurança para uso na cadeia. Isso significa que toda a estrutura e componentes do vaporizador são incapazes de gerar combustão ou serem utilizados como arma.

Mas não é só a empresa de Mosley que está lucrando com isso. As 33 penitenciárias que atualmente permitem o seu uso também estão faturando alto com a invenção. Vendidos no atacado por cerca de US$ 3 dólares, os vapes são revendidos aos presos por cerca de US$ 10 a US$ 15 cada.

“O Crossbar é uma ferramenta e foi projetada para o benefício das instalações penitenciárias”, disse Mosley. “E se isso ajuda os presos a cooperarem e mantém meus oficiais mais seguros, acho então que é uma vantagem para todos.”

Que tal começar a reduzir danos agora?

Conheça os vaporizadores mais incríveis do mercado! 

VAPORIZE JÁ

 

You may also like
Haze Square Pro: um vape inovador que vale por quatro!
Vaporizador reduz o acúmulo de placa dental e melhora a saúde das gengivas
5 vapes para curtir na praia
Nos EUA, presos serão perdoados por crimes envolvendo maconha

Leave a Reply