CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > SAÚDE > Nos EUA, idosos trocam remédios por cannabis

Nos EUA, idosos trocam remédios por cannabis

/

Conforme avança a legalização da maconha nos Estados Unidos, muitos idosos estão trocando os remédios convencionais pela maconha.

Pelo menos é o que indica uma recente pesquisa veiculada na revista Health AffairsSegundo pesquisadores da Universidade da Georgia, a erva está ganhando a preferência das pessoas mais velhas na hora de tratar doenças como depressão, ansiedade e convulsão.

O levantamento também aponta que os “coroas maconheiros” consomem menos analgésicos, antidepressivos e remédios para dormir.

A pesquisa foi feita a partir de dados fornecidos pelo Medicare, o sistema nacional de saúde para pessoas acima de 65 anos e pessoas com doenças graves.

Além das moléstias já citadas, a cannabis é muito indicada para tratamento de glaucoma, náuseas, dores, distúrbios de sono e rigidez muscular, entre outras.

Economia

Segundo o estudo, o número de remédios receitados para essas doenças foi menor em todos os estados em que o uso medicinal da erva foi legalizado até 2013.

Graças à isso, o Medicare poupou nada menos do que US$ 165 milhões em medicamentos.

“Não diria que poupar dinheiro é a razão para se fazer uso de cannabis medicinal. Mas certamente isso deve fazer parte da discussão”, disse o Dr. W. David Bradford, um dos responsáveis pela pesquisa.

 

You may also like
Estudo aponta que maconha reduz a dor, mas piora o autocuidado
Colômbia autoriza uso industrial da maconha e sua exportação com fins terapêuticos
Estudo: extrato de cânhamo promove perda de peso
78% dos brasileiros são favoráveis ao uso terapêutico da maconha

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.