CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > CIÊNCIA > Pesquisa descobre que maconha combate bactérias mortais, incluindo a causadora da tuberculose

Pesquisa descobre que maconha combate bactérias mortais, incluindo a causadora da tuberculose

Fruto da parceria entre a American Chemical Society e a Sociedade Americana de Farmacognosia, um recente estudo descobriu que a maconha pode combater algumas bactérias mortais resistentes aos tratamentos comuns, a exemplo da MRSA, responsável por milhares de mortes ao ano, e a bactéria causadora da tuberculose.

Segundo a investigação, todos os cinco dos principais canabinóides encontrados na ganja – canabidiol, cannabichromene, cannabigerol, delta-9-tetra-hidrocanabinol e canabinol – apresentaram “atividade antibacteriana potente”, dotados de eficácia no combate a uma ampla variedade de bactérias perigosas, em especial a staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA), assim como a  “mycobacterium tuberculosis“.

A conclusão dos pesquisadores aponta para uma verdade que não quer calar: MACONHA CURA!

“Esta planta representa uma fonte interessante de agentes anti-bacterianos para resolver o problema da resistência a múltiplas drogas em MRSA e outras bactérias patogênicas. Tal fato tem enormes implicações clínicas, pois a MRSA está se espalhando por todo o mundo e, nos Estados Unidos, atualmente é responsável por mais mortes/ano do que a AIDS”, resume a publicação.

*Fonte: Journal of Natural Products

You may also like
Mercado de CBD vê ameaça após decisão do STJ sobre rol da ANS
Estudo brasileiro demonstra eficácia da cannabis contra superbactérias
Maconha pode ser alternativa para tratar artrite e dor nas costas
Estudo aponta que maconha reduz a dor, mas piora o autocuidado

1 Response

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.