CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > CIÊNCIA > Pesquisa descobre que maconha combate bactérias mortais, incluindo a causadora da tuberculose

Pesquisa descobre que maconha combate bactérias mortais, incluindo a causadora da tuberculose


Fruto da parceria entre a American Chemical Society e a Sociedade Americana de Farmacognosia, um recente estudo descobriu que a maconha pode combater algumas bactérias mortais resistentes aos tratamentos comuns, a exemplo da MRSA, responsável por milhares de mortes ao ano, e a bactéria causadora da tuberculose.

Segundo a investigação, todos os cinco dos principais canabinóides encontrados na ganja – canabidiol, cannabichromene, cannabigerol, delta-9-tetra-hidrocanabinol e canabinol – apresentaram “atividade antibacteriana potente”, dotados de eficácia no combate a uma ampla variedade de bactérias perigosas, em especial a staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA), assim como a  “mycobacterium tuberculosis“.

A conclusão dos pesquisadores aponta para uma verdade que não quer calar: MACONHA CURA!

“Esta planta representa uma fonte interessante de agentes anti-bacterianos para resolver o problema da resistência a múltiplas drogas em MRSA e outras bactérias patogênicas. Tal fato tem enormes implicações clínicas, pois a MRSA está se espalhando por todo o mundo e, nos Estados Unidos, atualmente é responsável por mais mortes/ano do que a AIDS”, resume a publicação.

*Fonte: Journal of Natural Products

You may also like
Maconha pode aumentar a vontade de se exercitar, sugere estudo
Pedidos de importação de canabidiol aumentaram 86% de 2019 para 2020
CBD pode auxiliar ou prejudicar pacientes com covid-19; entenda
México regulamenta uso terapêutico da maconha

1 Response

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.