CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > SAÚDE > Estudo comprova eficácia do THC no tratamento de desordens digestivas

Estudo comprova eficácia do THC no tratamento de desordens digestivas


O poder terapêutico da maconha sobre o trato digestivo fica mais evidente – e comprovado – a cada dia. Publicado no Journal of Physiology and Pharmacology, um recente estudo aponta que o nosso conhecido & amado THC auxilia na proteção a distúrbios do aparelho digestivo, incluindo desordens inflamatórias como colite.

A investigação levou em conta o efeito da substância em ratos, concluindo que “o THC pode proteger a mucosa do estômago e do intestino, acelerando a cicatrização de ferimentos e a inflamação”.

Os benefícios foram atingidos mesmo quando administradas doses pequenas de THC, o que comprova sua eficácia, além de evitar os efeitos psicotrópicos típicos do canabinoide. “Conseguimos produzir efeitos localizados nas mucosas sem elevar a dose de THC no sangue”, descreve o estudo, que foi conduzido por uma equipe médica da  Universidade McMaster, de Ontario, com financiamento da Fundação de Crohn e Colite do Canadá.

“Estes resultados demonstram que um simples extrato de canábis medicinal pode aumentar significativamente a resolução da inflamação e da lesão, bem como prevenir novas lesões no trato gastrointestinal, com toxicidade sistêmica reduzida”, conclui o artigo.

Fonte: Journal of Physiology and Pharmacology 

You may also like
Pesquisadores canadenses acreditam que maconha pode bloquear coronavírus
Justiça autoriza cultivo de maconha para tratamento de tumor cerebral
4 coisas que acontecem quando você mistura cannabis e café
Indústria canábica não é indústria farmacêutica

1 Response

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.