CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Canadá começa a produzir maconha medicinal em larga escala

Canadá começa a produzir maconha medicinal em larga escala

Enquanto o Brasil naufraga num mar de hipocrisia quando o assunto é maconha, na última terça-feira, dia 01/10/2013, o Canadá deu início a um sistema de produção de canábis medicinal em larga escala com o objetivo de permitir a formação de um livre mercado do produto. A expectativa é que, até o fim de março do ano que vem, a erva que hoje vem do cultivo doméstico ou de pequenas propriedades seja substituída, de forma gradativa, pela originada em grandes plantios licenciados e com controle de qualidade.

Segundo as autoridades canadenses, a nova indústria deve movimentar algo em torno de 1,3 bilhão de dólares canadenses (R$ 2,8 bilhões) no prazo de até dez anos, quando o número de usuários de maconha medicinal deve atingir 450 mil. Atualmente, há 37.400 pacientes registrados pelo Ministério da Saúde.

Desde junho, 156 empresas pediram licença para produzir e distribuir maconha, e as duas primeiras receberam as autorizações na semana passada – uma delas foi criticada por militantes pró-legalização por supostamente produzir maconha de má qualidade, infectada por bactérias e contaminada por metais.

As vendas sob o novo sistema devem começar nas próximas semanas.

O governo calcula que o preço do grama da maconha deve ficar em torno de 7,60 dólares canadenses (R$ 16,33) – mais caro que o vendido pelo Ministério da Saúde (5 dólares, ou R$ 10,70), mas mais barato que o encontrado com traficantes (10 dólares ou R$ 21,49, segundo a imprensa local). Apesar da alta do preço para os pacientes, o governo defende a mudança dizendo que haverá alívio no bolso do contribuinte, já que o atual programa de maconha medicinal é subsidiado.

– Estamos confiantes quanto à formação de uma saudável indústria – disse Sophie Galarneau, do alto escalão do Ministério da Saúde canadense. – Esperamos que o livre mercado puxe os preços para baixo. O valor mais baixo deve ficar em torno de 3 dólares (R$ 6,44).

A legalização no Canadá

O Canadá aprovou lei legalizando o uso medicinal da maconha em 2001, mas a descriminalização do porte de pequenas quantidades da droga já foi barrada duas vezes no Parlamento.

Algumas decisões judiciais na província de Ontário chegaram a considerar inválida a legislação do país sobre maconha, mas o status da droga no país continua em disputa.

No fim de agosto, o deputado Justin Trudeau – líder do Partido Liberal e filho do ex-premier Pierre Trudeau – chamou a atenção ao assumir que usou a droga depois de eleito para o cargo. Uma pesquisa realizada este ano pelo instituto Forum Research mostrou que dois terços dos canadenses apoiam a descriminalização e/ou a legalização da maconha.

*Fonte: Global News; O Globo

You may also like
Associação de Niterói obtém liminar para plantar maconha para uso terapêutico
Mercado de CBD vê ameaça após decisão do STJ sobre rol da ANS
Estudo brasileiro demonstra eficácia da cannabis contra superbactérias
Tailândia vai distribuir 1 milhão de mudas de maconha para a população

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.