CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > CIÊNCIA > THCP: conheça a substância 30 vezes mais forte que o THC

THCP: conheça a substância 30 vezes mais forte que o THC


Cientistas italianos descobrem o THCP (tetrahidrocannabiphorol), composto canabinoide presente na maconha que é 30 vezes mais forte que THC. 

Publicado recentemente na revista Scientific Reports, o estudo descreve a descoberta de um canabinoide até então desconhecido.

Molécula de THCP.

Batizada de THCP – tetrahidrocannabiphorol – a molécula apresenta potência 30 vezes superior à do THC.

Mas nem adianta se animar, pois isso não significa que ela vai te chapar 30 vezes mais, pois ainda não está claro quão psicoativo é o THCP em seres humanos ou quão presente ele pe nas cepas de cannabis mais populares.

De acordo com os pesquisadores, uma outra substância – chamada cannabidiphorol (ou CBDP), prima do canabidiol (CBD) – também foi revelada.

“Em variedades de cannabis em que o THC é encontrado em quantidades muito baixas, passamos a entender que os efeitos são comandados pelo THCP, e assim os efeitos dos canabinoides ainda são observáveis”, afirmou Dra. Cinzia Citti, líder da pesquisa e professora da Universidade de Modena, em entrevista para a CNN.

A descoberta é de grande relevância para a comunidade científica internacional, uma vez que pode facilitar a descoberta de novos medicamentos, além de investigar novos efeitos da cannabis no cérebro humano.

Entenda o sistema endocanabinoide

Embora os seres humanos utilizem as propriedades psicoativas da cannabis há milhares de anos, apenas recentemente a ciência começou a entender quais os mecanismos por trás dos efeitos da planta.

Segundo reportagem do site New Atlas, foi apenas no final da década de 1980 que os cientistas descobriram um novo tipo de receptor cerebral que parecia responder diretamente às substâncias encontradas na maconha.

Pouco tempo depois, um segundo receptor semelhante foi descoberto e os dois receptores foram chamados de CB1 e CB2.

Esses dois tipos de receptores, encontrados em volumes significativos em todo o corpo humano são fortemente ativados pelo THC, talvez o composto psicoativo mais conhecido da cannabis.

Vários neurotransmissores produzidos naturalmente – que fazem parte do chamado sistema endocanabinoide -, também interagem com os receptores CB1 e CB2.

*Junte-se à roda do Maryjuana no Telegram.

You may also like
Cannabis melhora a qualidade de vida dos portadores da síndrome de Tourette
CBD reduz ansiedade e tremores em pacientes com Parkinson
Empresa enviará cannabis e café para o espaço em 2020
Pesquisadores franceses testam eficácia dos cigarros eletrônicos

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.