CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > MEDICINAL > Maconha pode atenuar efeitos negativos do trabalho noturno

Maconha pode atenuar efeitos negativos do trabalho noturno


Por trás de cada serviço 24 horas existem profissionais que trocam o dia pela noite e se dedicam para manter tudo funcionando enquanto a maioria da população dorme.

Porém, alterar o ciclo de sono desta maneira tem suas consequências. O trabalho noturno pode deixar as pessoas mais sonolentas, cansadas e de mau humor. Assim, o desempenho fica prejudicado, a produtividade cai e a propensão a acidentes de trabalho aumenta.

Preocupados com a saúde e segurança destes trabalhadores, o grupo de pesquisadores do renomado neurocientista Carl Hart realizou um estudo para a avaliar os efeitos da maconha durante o trabalho noturno.

Eles acreditavam que a maconha poderia exacerbar os efeitos negativos, prejudicando ainda mais o desempenho e colocando os trabalhadores em risco. Porém, não foi bem isso que observaram.

Carl Hart, professor de neurociência e psicologia na Universidade de Columbia.

Dez pessoas participaram do estudo, todas consumidoras frequentes de maconha. No laboratório, os participantes fumaram um baseado com dose baixa ou moderada de Δ9-THC e, a seguir, foram submetidos à uma simulação de trabalho noturno.

Para a surpresa dos pesquisadores, ao invés de piorar, a maconha atenuou os efeitos negativos mencionados anteriormente. Os participantes relataram estar mais dispostos e confiantes, o humor melhorou, e o desempenho nos testes psicomotores foi superior à quando não haviam consumido a erva.

*Por LIA ESUMI,  bióloga, Ms/PhD em Psicobiologia e colaboradora no Maryjuana