Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > MEDICINAL > THC reduz estresse de participantes em estudo americano

THC reduz estresse de participantes em estudo americano


O estresse psicológico é muito comum em nosso dia-a-dia, e muitos fatores diferentes podem induzi-lo: pressão no trabalho, provas na faculdade, o término de um relacionamento ou até a simples ação de falar em público.

Pequenas quantidades de estresse podem ser benéficas e até saudáveis, já que ele pode atuar como um fator de motivação, adaptação e reação ao meio ambiente. Porém, em grandes quantidades, o estresse começa a fazer mal ao organismo, podendo por exemplo aumentar o risco de acidentes vasculares cerebrais, ataques cardíacos, úlceras e desenvolvimento de depressão.

Para combater o estresse em excesso, muitas pessoas adotam estratégias, tais como praticar um esporte, meditar, sair com amigos ou ouvir música. E muitas outras – é claro – fumam maconha.

Os admiradores da maconha expressam vários motivos para consumir a erva: melhorar o humor, ficar mais criativo ou até mais sociável. Porém, apesar de poucas evidências científicas, o motivo mais comumente relatado está relacionado ao relaxamento.

Recentemente, na tentativa de esclarecer esta questão, pesquisadores americanos decidiram verificar em laboratório se o Δ9-Tetraidrocanabinol (Δ9-THC), o principal componente psicoativo da maconha, realmente tem a propriedade de reduzir o estresse.

No estudo americano, a simulação de estresse psicológico consistia em fazer um discurso e contas matemáticas na frente de pessoas desconhecidas.

Quarenta e duas pessoas participaram do estudo em questão, todas já habituadas a consumir maconha. Os participantes, após ingerirem uma cápsula com 7,5 ou 12,5 mg de Δ9-THC, foram submetidos à uma simulação de estresse psicológico.

A simulação consistia em fazer um discurso e realizar contas matemáticas na frente de duas pessoas desconhecidas. E, pra piorar, tudo era mostrado em vídeo em tempo real.

Os pesquisadores observaram que a menor dose de Δ9-THC (7,5 mg) realmente reduziu o estresse dos participantes. Já a dose de 12,5 mg produziu um pequeno, mas significativo, aumento na ansiedade, mal humor, e na resposta de estresse.

No artigo, os pesquisadores fazem uma ressalva com relação ao último resultado. No estudo foi utilizado Δ9-THC puro, e não a maconha. A planta, em sua forma natural, possui muitas outras substâncias, tais como o Canabidiol (CBD), que poderiam contrapor alguns efeitos negativos de doses maiores de Δ9-THC.

*Por LIA ESUMI: Bióloga, MS/PhD em Psicobiologia e colaboradora no Maryjuana.

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.