CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > SAÚDE > Pílula de maconha promete alívio aos mais diversos males

Pílula de maconha promete alívio aos mais diversos males

“Qualidade de vida em pílulas” – esse é o slogan do Idrasil, comprimido à base de cannabis lançado recentemente nos Estados Unidos. Desenvolvido pela C3 International Pacients Association, organização sem fins lucrativos localizada na Califórnia,  o produto – classificado como nutracêutico – atua como coadjuvante nos tratamentos contra os mais diversos males, desde uma simples síndrome pré-menstrual até epilepsia, câncer, mal de Parkinson, artrite e fibromialgia, entre outros.

Os efeitos prometidos são aqueles que tod0 bom canabista já conhece: alívio das dores e tensões, melhora do sono e apetite.

Pílula de maconha promete alívio aos mais diversos males

Nas palavras do fabricante, o objetivo é  “revolucionar o mercado da maconha medicinal assim como a morfina fez com o ópio há um século atrás”,  no que diz respeito a eliminar os estigmas associados à substância em questão. No caso da erva, o problema maior considerado pelos médicos é a dificuldade em controlar a dose, além dos malefícios associados ao ato de fumar. “A maioria dos dispensários oferece apenas flores e concentrados, que devem ser fumados. E, para a comunidade médica, uma forma muito mais segura de consumir os canabinóides é através da ingestão oral, daí a importância de pílulas que ofereçam a dosagem exata”, afirma Steele Clarke Smith III, presidente da C3 International.

“Tetrahydrocannabinol (THC) e cannabidiol (CBD) são os canabinóides naturais com maior prevalência, mas a cannabis contém mais de 65 tipos de canabinóides”, explica Smith III.

Segundo ele, o principal diferencial do Idrasil é oferecer um extrato da planta 100% natural.  “Por ser totalmente natural, ele  contém o espectro completo de canabinóides – e não apenas um deles, como é o caso do Marinol (dronabinol), uma forma sintética do THC”, completa.

Outra vantagem diz respeito ao controle da substância ingerida. “As plantas que utilizamos  são derivadas de uma única matriz que é clonada visando manter a integridade genética. Com a nossas técnicas de extração e processo de conversão, somos capazes de manter a coerência e padronização exigidas pelos médicos e pacientes”, explica Smith III.

You may also like
Associação de Niterói obtém liminar para plantar maconha para uso terapêutico
Mercado de CBD vê ameaça após decisão do STJ sobre rol da ANS
Estudo brasileiro demonstra eficácia da cannabis contra superbactérias
Maconha pode ser alternativa para tratar artrite e dor nas costas

9 Responses

  1. Neiva Lopes

    Bom dia, tenho cancer e me falaram deste medicamento para tirar o enjoo da quimiterapia, gostaria de saber se eu for ate os Estados \Unidos comprar eu consigo e o que preciso fazer para comprar, e facil, compro em famacia ou tenho uqe ter um laudo medico e ter receita para compra-lo. Passo muito mal com a quimio, e estou propensa a ir ate la para comprar se for facil. Aguardo retorno, muito obrigada.
    Curtir · Responder · 17 de agosto de 2015 08:49

    1. Oi, Neiva!
      Infelizmente não sei detalhar os procedimentos exatos para vc conseguir comprar o remédio nos EUA, até pq as leis por lá variam muito de estado para estado. Na Califórnia, por exemplo, é preciso ter um cartão de usuário medicinal, mas parece que por US$ 100 dólares se consegue uma consulta médica para pegar tal cartão. Já no Brasil, certamente vc conseguiria autorização para importar o produto através de receita médica, mas tem todo um processo buRRocrático que chega a ser cruel nos casos mais urgentes, como parece ser o seu. Creio que nos EUA seja mais simples para conseguir.

      É contra tal maldade que lutamos, para que todas as pessoas possam ter acesso a uma planta com inúmeros benefícios medicinais e recreativos – e que faz muito menos mal do que Aspirina ou álcool. Esperamos que tal realidade mude em breve e convocamos a todos para ajudarem nessa luta, seja através do compartilhamento de informações que desmistifiquem a maconha, seja participando das Marchas e demais movimentos pró-cannabis.

      Te desejamos melhoras e pronta recuperação da saúde. Abraço!

  2. lindolfo castro pereira

    gostaria de saber compra efetuar a compra, pois tenho um leve tremor na mao esquerda foi diagnosticado o mal de parkson,

    1. Olá Lindolfo!

      Vale lembrar que só há duas maneiras de adquirir o óleo no Brasil no momento: requerendo a importação formalmente junto à Anvisa (com auxílio de médico e advogado) e produzindo de forma caseira, o que exige o cultivo da planta, que permanece ilegal. É contra essa proibição hipócrita que lutamos – a mesma que continua encarcerando milhares de pessoas simplesmente por cultivarem uma planta, enquanto tantos traficantes, ladrões e assassinos em geral permanecem soltos e sujeitos a penas de prisão muito menores do que inocentes jardineiros taxados como “traficantes”.

      Obrigada e um abraço!

  3. Paulo de Oliveira

    Como faço para conseguir comprar? já procuro na internet há um bom tempo e ninguém me responde, não tenho êxito nos contatos. PReciso saber o preço e o frete para CEP 25820160 BRASIL

    1. Oi, Paulo,

      Creio que o medicamento – assim como a planta e seus derivados – é proibido no Brasil graças a uma lei hipócrita que estamos tentando derrubar. Junte-se a nós e ao movimento de pacientes medicinais, para mais informações acesse http://www.growroom.net – lá há um cadastro de pacientes medicinais brasileiros e eles podem te dar mais informações.

      Bj e boa sorte!

  4. alex

    a riqueza esta’ em existir possibilidades, escolhas….

    Imagina so :::::…plantar, cuidar e ainda tomar uma pilula …

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.