CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > SAÚDE > Estudo de caso comprova: cannabis pode auxiliar no tratamento da leucemia

Estudo de caso comprova: cannabis pode auxiliar no tratamento da leucemia

/

A lista de enfermidades que podem ser tratadas – e até curadas – com auxílio da cannabis só aumenta a cada dia. Publicado na revista Case Reports in Oncology, um estudo inédito descobriu que a maconha pode ajudar no tratamento da leucemia linfoblástica aguda (LLA), um tipo de câncer das células brancas do sangue.

O artigo refere-se ao estudo de caso de um paciente de 14 anos de idade com diagnóstico de uma forma muito agressiva de LLA, com o agravante de também ser positivo para a mutação do cromossomo Filadélfia. “Um transplante de medula óssea normal, quimioterapia agressiva e radioterapia foram revogados, com o tratamento sendo considerado um fracasso após 34 meses”, relata o estudo.

Sem qualquer melhora proveniente das abordagens convencionais, a família optou por administrar extratos de canabinoides – óleo de maconha ou hemp oil – por via oral ao paciente.

“Extratos de canabinoides são um tratamento eficaz para a LLA com mutação do cromossomo Filadélfia positivo.”

Outra observação feita pelos pesquisadores é sobre a “alta correlação dose-dependência, indicando que quanto maior a dose, maiores os efeitos”.

Clique aqui para ver o estudo na íntegra disponível no site do National Institutes of Health.

You may also like
Estudo aponta que maconha reduz a dor, mas piora o autocuidado
Justiça suspende autorização da Abrace para cultivar maconha medicinal
Maconha pode aumentar a vontade de se exercitar, sugere estudo
Uso de maconha na adolescência está associado à queda no QI

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.