CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > SAÚDE > Remédio à base de maconha pode tratar esquizofrenia

Remédio à base de maconha pode tratar esquizofrenia

Taí mais uma notícia pra calar a boca de proibicionistas falaciosos como Ronaldo Laranjeiras e Marisa Lobo! Na segunda-feira (17/03/2014), o poderoso laboratório britânico GW Pharmaceuticals anunciou que está iniciando a segunda fase de testes com um medicamento de maconha para tratar – quem diria! – a esquizofrenia.

Para quem não sabe, a GW é a única empresa britânica que tem a aprovação do governo desde 1998 para desenvolver extratos vegetais à base de canábis. Seu principal produto é o Sativex , um extrato que contém CBD e THC – e que foi aprovado pelos órgãos reguladores no Reino Unido e mais de 20 outros países para o tratamento da dor e espasticidade na esclerose múltipla.

Estudos prévios feitos pela empresa mostraram que o cannabidiol (CBD) não só ajuda a combater os sintomas da esquizofrenia, como pode reduzir os efeitos colaterais dos medicamentos antipsicóticos normalmente empregados no tratamento da doença.

“Embora o trabalho da GW seja muito associado com o tratamento da epilepsia infantil e câncer, nós temos alcançado um grande progresso em outros programas de pesquisa, o que demonstra a eficácia dos nossos produtos à base de canabinoides”, declarou Dr. Stephen Wright, diretor de pesquisa e desenvolvimento da GW Pharmaceuticals.

A segunda fase de testes com cerca de 80 pacientes esquizofrênicos vai avaliar os efeitos anti-psicóticos da droga que leva apenas “CBD puro”. Para quem não sabe ou não se lembra, o CBD é um dos muitos canabinoides presentes na planta – e que não chapação, ao contrário de seu irmão THC, responsável pela brisa.

Segundo release divulgado pela companhia no site da Nasdaq, a expectativa é concluir a avaliação até o segundo semestre de 2015.

Além desse estudo, a GW também mantém uma série de pesquisas que avaliam os benefícios dos medicamentos à base de maconha entre pacientes de dor oncológica e colite ulcerativa, entre outros, que você também encontra nesse link. 

*Foto: GW Pharmaceuticals

You may also like
Mercado de CBD vê ameaça após decisão do STJ sobre rol da ANS
Estudo brasileiro demonstra eficácia da cannabis contra superbactérias
Pedidos de importação de canabidiol aumentaram 86% de 2019 para 2020
CBD pode auxiliar ou prejudicar pacientes com covid-19; entenda

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.