Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > MEDICINAL > Governo dos EUA aprova pesquisa sobre maconha X estresse pós-traumático

Governo dos EUA aprova pesquisa sobre maconha X estresse pós-traumático


Espalhe a boa !

A legalização da maconha é um caminho sem volta nos Estados Unidos. Na última sexta-feira, dia 14/03/2013, o governo norte-americano aprovou um estudo que examina os benefícios da canábis no tratamento do estresse pós-traumático.

Concedida a pesquisadores da Universidade do Arizona, a autorização representa mais um importante passo para o desenvolvimento de pesquisas com a planta.

Segundo as leis do país, tais experimentos só podem acontecer se utilizarem maconha proveniente de uma única fazenda administrada pelo governo no Mississippi. De acordo com os pesquisadores – que há muito tempo tentavam conseguir a licença para plantar sua própria erva  – a entidade que administra a plantação oficial, National Institute on Drug Abuse, estava hostil aos novos pedidos de pesquisas para avaliar os benefícios da canábis.

“Este é um grande dia”, comemorou Suzanne Sisley, professora de psicologia na Escola de Medicina da Universidade do Arizona. “Os méritos de um estudo científico rigoroso finalmente superaram a política”, desabafou.

A notícia empolgou os defensores da canábis medicinal, pois sinaliza uma tentativa do governo em lidar com um dos paradoxos mais marcantes da legalização norte-americana. Ainda que mais de 1 milhão de americanos utilizem maconha legalmente com fins terapêuticos, os cientistas continuam enfrentando dificuldades na hora de obter aprovação federal para a realização de estudos com a planta.

“Nós nunca desistimos”, disse Suzanne. “Mas a maioria dos cientistas acabam nem tentando. O processo demanda muitos recuros. Com a implementação desse estudo e seus resultados, os caminhos também vão se abrir para outros projetos de pesquisa cruciais.”

A pesquisa envolverá veteranos de guerra que sofrem de estresse pós-traumático, um transtorno psicológico que ocorre em resposta a uma situação ou evento de extrema tensão. O distúrbio é muito comum entre veteranos de guerra, por exemplo.

O estudo ainda requer a aprovação da Drug Enforcemente Administration (DEA), o que Suzanne disse que será um obstáculo “menor”.

Clique aqui para saber mais sobre  estresse pós-traumático X maconha.

Vi primeiro aqui no LA Times e traduzi pra você porque sou jemt phyna pacas! 😛

*Foto: CNN

You may also like
Rede de fast food lançará hambúrguer com CBD em comemoração ao Dia da Maconha
Cartunista lança romance gráfico sobre história da proibição da maconha nos EUA
Em Washington, legalização da maconha não aumentou o consumo entre adolescentes
Em Michigan, cães farejadores não serão mais treinados para detectar cannabis

1 Response

  1. No brasil, eu acredito que estamos esperando as pesquisas ficarem ultrapassadas em outros países para que nós possamos começar a estudar a planta..! Como sempre somos quase os ultimos…

Leave a Reply