CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > NEGÓCIOS > Fundos de investimento miram startups canábicas nos Estados Unidos

Fundos de investimento miram startups canábicas nos Estados Unidos

Com o processo de legalização da maconha mais avançado a cada dia que passa, não há limites para o crescimento do mercado canábico nos Estados Unidos. De tão promissor, o segmento está atraindo fundos de venture capital dispostos a financiar startups relacionadas à maconha.

Segundo artigo publicado na Época Negócios, já existem pelo menos cinco fundos americanos de venture capital investindo em negócios canábicos. O objetivo é o mesmo de um investimento em qualquer outra área: fazer a companhia crescer e vender, com lucro, a participação no negócio.

O principal desses fundos é o Emerald Ocean Capital, que dispõe de US$ 25 milhões. Criado por Justin Hartfield, um hempreendedor de 29 anos que ficou milionário com portais da internet – a exemplo do Weedmaps -, o fundo se propõe a “garantir a liderança de um mercado emergente consolidando ativos estratégicos”, segundo seu plano de negócios. A estratégia é mirar especialmente em empresas que atuem na parte mais tecnológica do novo mercado, como e-commerce, testes de laboratório e produtos farmacêuticos criados a partir da erva.

Em 2014, estima-se que a movimentação do setor canábico chegue ao US$ 1,5 bilhão.

O estado de Washington deve liberar o comércio recreativo da maconha nos próximos meses – e outros 20 já permitem o seu uso medicinal. Nas próximas eleições, em 2016, estima-se que outros 15 estados coloquem em votação o uso livre da substância. Nos próximos dez anos, estima-se que o mercado da maconha nos EUA atinja US$ 50 bilhões – dois terços do valor movimentado pela indústria do tabaco no país. E isso é só o começo.

*Com informações: Época Negócios

**Foto: AP Photo/Ed Andrieski, File

 

You may also like
Ex-astro da NBA investe R$ 476 milhões em empreendedores negros da indústria canábica
Califórnia está cultivando mais maconha legal do que consegue vender
Tove Lo é a mais nova celebridade a investir em maconha
Estudo: 15% dos trabalhadores usam maconha no home office

2 Responses

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.