CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > SAÚDE > Uso de maconha não agrava sintomas da esquizofrenia

Uso de maconha não agrava sintomas da esquizofrenia

Espalhe a boa !

Um dos mitos favoritos dos proibicionistas, a alegação de que “cannabis causa esquizofrenia” cai por terra conforme avançam os estudos científicos sobre a erva. Segundo artigo publicado na edição de julho da revista Schizophrenia Bulletin, o consumo de maconha não piora os sintomas da esquizofrenia em portadores da doença.

Elaborado por pesquisadores da Universidade de Manchester e da Universidade de Lancaster – ambas no Reino Unido – o estudo investiga a “a relação entre o consumo de cannabis e desfecho clínico, incluindo se as alterações no consumo de maconha afetaram os sintomas psicóticos e afetivos,  além do funcionamento e recaída psicótica”. A amostra incluiu 110 pacientes com histórico de comorbidade entre início de psicose e consumo abusivo de maconha.

“Usamos modelos de interceptação aleatórios para estimar os efeitos das doses de cannabis nos desfechos clínicos de cada paciente –  e também para avaliar se a mudança no consumo pode alterar os resultados”, detalhou a professora PhD Christine Barrowclough, que liderou o estudo. Os dados foram coletados periodicamente durante 18 meses.

Após a análise, os investigadores observaram que “não há evidência de uma associação específica entre o consumo de cannabis e os sintomas, recaídas ou internações hospitalares referentes à esquizofrenia”.

No entanto, os resultados também sugerem que o uso abusivo de maconha pode estar associado à alguns casos de depressão e ansiedade. Já as alterações na quantidade de erva consumida foram suficientes para alterar os índices de ansiedade, mas não de depressão.

“A redução no uso de cannabis pode estar diretamente associado com melhorias na ansiedade e no funcionamento de pacientes com esquizofrenia, mas não influencia em outros sintomas específicos”, relata a conclusão do estudo, que pode ser acessado aqui.

Não é o primeiro estudo que aponta os benefícios da maconha para esquizofrênicos. No início do ano, um outro estudo constatou que a maconha pode, inclusive, ser uma opção de tratamento para os pacientes.

Clique aqui para saber mais sobre as relações entre maconha e esquizofrenia.

You may also like
Estudo aponta que maconha reduz a dor, mas piora o autocuidado
Colômbia autoriza uso industrial da maconha e sua exportação com fins terapêuticos
Estudo: extrato de cânhamo promove perda de peso
78% dos brasileiros são favoráveis ao uso terapêutico da maconha

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.