Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > TECNOLOGIA > “Tinder da maconha” é lançado nos EUA

“Tinder da maconha” é lançado nos EUA


Espalhe a boa !
  • 419
    Shares

Uma companhia do Colorado, nos Estados Unidos, criou a última versão de aplicativo de encontros para grupos específicos: uma versão inspirada no Tinder apenas para casais que fumam maconha.

O High There! –um trocadilho com “Hi, there!” (Olá, em inglês) com a palavra “high”, que pode ser traduzida como chapado- foi bem recebido pela comunidade adepta da erva, que reclamava de ser discriminada em outros sites de paquera, segundo o jornal inglês Metro.

“Eu odiava tentar marcar encontros em outros sites e aplicativos porque, assim que a ideia de consumir maconha aparecia, a paquera acabava”, diz Todd Mitchem, diretor da empresa que criou o High There! Segundo ele, a ideia surgiu após um encontro que fracassou pelo mesmo motivo, após pagar o jantar.

High+There+App

Bem similar ao Tinder, a ferramenta tenta unir casais baseados em suas preferências e localização. Ela também inclui filtros para níveis de consumo de maconha e preferências relacionadas à erva.

Mas, diferente da maioria, o aplicativo não é exclusivamente para encontros, segundo Mitchem. Segundo o criador, o High There! já foi usado para “ajudar pacientes de câncer que precisam de amigos e apoio ou alguém que está em uma outra cidade e não sabe onde se pode comprar maconha legalmente”.

“Outro dia eu estava conversando on-line com um cara e nós falamos sobre tudo, a vida, maconha e acabamos ficando amigos’”, conta.

O aplicativo, nas versões Google Play e Apple, está disponível apenas nos 23 estados norte-americanos onde a maconha é legal ou que tem o uso pessoal ou medicinal descriminalizado.

*Fonte: Marie Claire

You may also like
Dispensário de maconha nos EUA oferece desconto para professores em greve
Vaporizadores já são mais comuns do que cigarros entre militares dos EUA
Nos EUA, presos serão perdoados por crimes envolvendo maconha
Carcereiro desenvolve vaporizador para detentos nos EUA

Leave a Reply