CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Empresa canadense lançará bafômetro para maconha

Empresa canadense lançará bafômetro para maconha


Ainda são poucos os lugares do mundo em que a maconha é legalizada e, enquanto alguns estados e países lutam para essa legalização, outros estão desenvolvendo novas formas de flagrar os usuários da erva. Para dar uma força nesse sentido, a empresa Cannabix Technologies, com base em Vancouver, no Canadá, está criando o primeiro bafômetro para maconha do mundo.

O objeto, assim como o bafômetro de álcool, promete ajudar os agentes policiais a descobrir se um determinado motorista está sob influência da droga. Ainda em fase de testes, ainda não se sabe quando o dispositivo estará disponível para a polícia.

“Eu acho que o primeiro bafômetro no mercado será um simples ‘sim’ ou ‘não’ para a presença de THC (Tetraidrocanabiol) no momento do teste e, nesse sentido, não irá fornecer uma medida quantitativa da probatória”, diz Barry Knott, presidente-executivo da Lifeloc, empresa que já cria bafômetros para álcool.

Atualmente, já há exames de sangue e urina que fazem o diagnóstico com mais precisão, pois os rastros de THC permanecem na corrente sanguínea do usuário por até um mês depois da ingestão. Já o bafômetro da Cannabix precisa que o teste seja feito até duas horas depois que a droga for ingerida ou vaporizada.

Nos Estados Unidos existe algumas diferenças na tolerância da quantidade de cannabis no sangue e, de acordo com o cientista político Nicholas Lovrich, em entrevista à Reuters, os limites são mais baseados na política do que na ciência. Ele também acredita que esses valores não devem influenciar em multas de trânsito tão cedo.

*Fonte: Reuters

You may also like
Canadá permite que pacientes terminais usem cogumelos psicodélicos
Canadá quintuplica exportações de óleo de cannabis em 2019
Pesquisadores canadenses acreditam que maconha pode bloquear coronavírus
Venda de maconha aumenta nos Estados Unidos devido à quarentena

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.