Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > No Chile, médicos desafiam legislação e abrem consultório de maconha

No Chile, médicos desafiam legislação e abrem consultório de maconha


Espalhe a boa !

Desafiando a rígida política anti-drogas do Chile, que considera a maconha como uma droga pesada, um grupo de médicos inaugurou nesta sexta-feira em Santiago um consultório que prescreverá receitas para pacientes tenham acesso a maconha para uso medicinal.

A uma quadra do Palácio de La Moneda, o centro do poder no Chile, este grupo de médicos instalados na clínica para pacientes com doenças como câncer, epilepsia refratária ou dor crônica, que podem acessar o tratamento medicamentoso baseado em maconha, resinas derivadas, ou o uso de cannabis com vaporizadores.

A consulta será iniciada em meio a um intenso debate no país para a descriminalização da maconha, cujo consumo privado é permitido sob a lei de drogas, mas a venda ou auto-cultivo é punível e milhares de consumidores são detidos todos os anos por suspeita de cultivo ou tráfico de drogas.

Os médicos argumentam que o sistema de justiça chilena falhou em favor de vários casos de consumidores, protegidos por um artigo da regra que afirma que o uso e consumo de maconha é justificada no tratamento médico.

“Damos prescrições para que eles possam ter plantas em suas casas, o que significa que o cultivo por razões medicinais é permitido com a sua receita”, disse à AFP Sergio Sanchez, um dos médicos do consultório que pertence à Fundação América Latina Reforma, que defende o livre uso da maconha.

Os especialistas dizem que atenderam cerca de 50 pacientes e esperam incrementar o número no consultório, apesar do temor de ir contra a lei e o governo, que introduziu indicações para reduzir a quantidade do porte de 10 a dois gramas de maconha e o porte de 10 plantas por consumidor, num projeto de lei no Congresso que debate para a descriminalização da maconha.

“É um desafio duro, mas avançamos. Este consultório é uma forma de proteger as pessoas das políticas ruins da lei de drogas”, afirmou Sánchez.

*Fonte: AFP

You may also like
Cada vez mais pacientes trocam remédios para ansiedade por maconha
Chipre legaliza uso terapêutico da maconha
Argentina aposta na produção estatal de maconha para uso terapêutico
Pesquisa de Harvard afirma que usuários de cannabis possuem mais espermatozoides

Leave a Reply