CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Legalização da maconha não aumentou as taxas de acidentes de trânsito nos EUA

Legalização da maconha não aumentou as taxas de acidentes de trânsito nos EUA

Embora seja contraindicado dirigir após consumir maconha, parece que a erva não oferece muitos riscos aos motoristas e passageiros.

Pelo menos é o que sugere mais um estudo feito nos Estados Unidos. De acordo com dados publicados na semana passada pelo American Journal of Public Health, o surgimento de leis estaduais permitindo o consumo recreativo de maconha não está associado ao aumento dos acidentes de trânsito fatais no país.

Elaborado por pesquisadores da Universidade de Texas-Austin, o levantamento foi feito a partir da avaliação de acidentes fatais no Colorado e em Washington antes e depois da promulgação de leis permitindo o uso de maconha. Os dados foram então comparados aos de outros oito estados proibicionistas.

“Não encontramos associação significativa entre a legalização da maconha recreativa em Washington e Colorado e as mudanças subsequentes nas taxas de mortalidade por veículos motorizados nos primeiros três anos após a legalização recreativa da maconha nestes estados”, conclui o estudo.

Recentemente, outro estudo publicado na mesma revista científica afirmou que, na verdade, a promulgação de leis legalizando a maconha medicinal está associada a uma redução nas mortes de trânsito em comparação, particularmente entre os motoristas mais jovens.

Ou seja: a cada dia que passa caem por terra os temores de que a regulamentação do uso de cannabis possam prejudicar a segurança pública.

****MARYJUANA COFFEE: EXPERIMENTE AGORA A PRIMEIRA LINHA DE CAFÉS ESPECIAIS DO PLANETA DESTINADA À HARMONIZAÇÃO COM CANNABIS****

You may also like
Ex-astro da NBA investe R$ 476 milhões em empreendedores negros da indústria canábica
Califórnia está cultivando mais maconha legal do que consegue vender
Estudo: 15% dos trabalhadores usam maconha no home office
New Orleans aprova medidas para descriminalizar o uso de maconha

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.