Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > EVENTOS > Evento em São Paulo propõe reflexão sobre uso de drogas e identidades

Evento em São Paulo propõe reflexão sobre uso de drogas e identidades


Espalhe a boa !
  • 81
    Shares
‘‘Identidades à margem: somos as drogas que usamos?” acontece neste próximo sábado (13/4) na capital paulista. 

Promovido pela Associação Brasileira Multidisciplinar de Estudos sobre Drogas (ABRAMD) e o Núcleo Psicologia e Vulnerabilidades do curso de Psicologia da PUC-SP, o evento consiste em um amplo debate sobre o uso de drogas, identidades e os efeitos nefastos do proibicionismo.

Um dos objetivos do encontro é aproximar os debates da Filosofia, Psiquiatria e Psicologia das pautas dos movimentos sociais que debatem a guerra às drogas em sua interseccionalidade.

Outros temas correlatos – como movimentos sociais, minorias políticas, violência de estado, questões raciais e de gênero – também estão na pauta.

O evento é gratuito.

Confira mais detalhes e a programação a seguir:

‘‘Identidades à margem: somos as drogas que usamos?”

Dia: 13/4/2019

Horário: 10h às 13h

Local: Auditório da na sala 117-A (Prédio novo) da PUC-SP no Campus Perdizes (R. Monte Alegre, 984 – Perdizes, São Paulo – SP)

Programação:

Mesa única (10h às 13h)

Palestrantes:

Nathalia Oliveira- Socióloga, coordenadora da Iniciativa Negra por Uma Nova Política sobre Drogas (INNPD), preside o COMUDA -SP (Conselho Municipal de Política de Álcool e Drogas de São Paulo) e integrante da Secretaria Executiva da Plataforma Brasileira de Política de Drogas como articuladora da Rede.

– Jessica Rocha – Historiadora, redutora de danos pelo projeto ResPire, mestranda em estudos culturais pela EACH/USP Leste e membra da rede nacional de feministas antiproibicionistas – RENFA.

– Júlia Bueno – Psicóloga, trabalhadora do centro de cidadania lgbtt Luís Carlos RuAs, redutora de danos pelo projeto ResPire, membra da rede nacional de feministas antiproibicionistas (RENFA), organizadora do slam marginália.

Mediador e debatedor:

– Alexandre Yamaguti – Psicólogo, mestre em Psicologia Clínica, membro da Abramd, professor de Psicologia e pesquisa o Sofrimento Masculino Contemporâneo.

Que tal turbinar a sua mente?

O conteúdo deste site foi criado por mentes turbinadas com café (Mary4:20)! 

SAIBA MAIS

 

You may also like
Governo Bolsonaro é contra definir quantidade de droga para diferenciar usuário de traficante
Série de eventos internacionais debate os rumos do mercado canábico
Prefeitura de SP quer aplicar multa em quem estiver fumando maconha nas ruas
UNESC promoverá simpósio sobre “Maconha, Canabinoides e Terapêutica”

Leave a Reply