CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > SAÚDE > Estudo sugere benefícios da maconha no tratamento da epilepsia

Estudo sugere benefícios da maconha no tratamento da epilepsia

Pesquisadores da Universidade de Reading, um dos maiores centros de pesquisa do Reino Unido, descobriram que um dos compostos encontrados na maconha pode ajudar na redução e controle das convulsões em pacientes com epilepsia.

Liderado pelo Dr. Ben Whalley, o estudo inédito demonstrou pela primeira vez que o cannabidivarin (CBDV) – canabinóide pouco estudado até hoje – tem  o potencial de evitar as crises convulsivas, com a vantagem de surtir menos efeitos colaterais do que as drogas anti-epiléticas atualmente utilizadas, que muitas vezes causam tremedeira e agitação incontroláveis.

Na pesquisa, realizada em colaboração com os laboratórios GW Pharma – fabricante do Sativex – e Farmacêuticos Otsuka, o cannabidivarin comprovou sua eficácia no controle das convulsões após ser testado em seis diferentes modelos experimentais comumente utilizados em estudos sobre epilepsia.

A substância também mostrou-se eficaz ao ser utilizada em conjunto com outros fármacos anti-epiléticos e, ao contrário de outros canabinóides – como o THC – não possui efeitos psicoativos.

“Há uma necessidade urgente de melhores tratamentos para a epilepsia. Trata-se de doença crônica, sem cura e, em cerca de um terço dos casos, os tratamentos atualmente disponíveis não funcionam, além de causarem graves efeitos colaterais, aumentando o risco de morte”, relata Whalley.

Causada por excesso de atividade elétrica no cérebro, a epilepsia afeta aproximadamente 1% da população mundial, causando convulsões que, em alguns casos, podem ser fatais. Após a descoberta, os cientistas estão investigando os mecanismos que levam o CBDV a reduzir ataques através de testes que imitam a condição clínica. A expectativa é divulgar os resultados até o final de 2012. “Há um estigma associado com o uso recreativo da maconha, proveniente dos anos 1960 e 1970, que às vezes faz com que muitas pessoas se recusem a enxergar as propriedades medicinais da maconha”, afirma Whalley.

A pesquisa foi publicada no início de setembro na revista científica British Journal of Pharmacology

*Fonte: University of Reading

You may also like
Estudo aponta que maconha reduz a dor, mas piora o autocuidado
Colômbia autoriza uso industrial da maconha e sua exportação com fins terapêuticos
Estudo: extrato de cânhamo promove perda de peso
78% dos brasileiros são favoráveis ao uso terapêutico da maconha

10 Responses

  1. giovanni

    oi meu nome giovanni fazia 4 anos eu nao tinha uma crise qro saber se fumando um por dia ou 3 vezes na semana vai me ajudar no tratamento de convulsoes pq faz uns 15 anos q tomo remedio controlado e eu to sem paciencia eu qro sara disso

    1. Oi, Carlos, tudo bem?

      Olha, se vc tem sentido sintomas de epilepsia, é bom procurar um médico. O tratamento é simples e assim vc aprende como evitar as crises – e pode ser, sim, que o álcool propicie, assim como outras drogas, então sempre bom buscar orientação antes, ok? Principalmente se vc dirige ou opera máquina, atenção redobrada em caso de epilepsia.

      Cuide-se e volte sempre! Bjos!!!

  2. renato

    Tremedeira sim, ajuda na diminuicao, porem sem abusar tanto senao logo mais nego fica com cagoete de enrolar e td…me trato a 6 meses fumando meio beck por dia 1 hora antes de dormir e senti grandes diferencas no sono e descanso

    1. Oi, Renato! Obrigada pelo seu depoimento! Realmente, é bom saber dosar segundo cada paciente, daí a importância da legalização do cultivo caseiro e uso medicinal, pois só assim poderemos abordar o assunto às claras, sem tabus! 🙂 Obrigada, volte sempre e muita paz! Bjo

      1. laize

        concordo , e tenho certeza que as propriedade terapeuticas da cannabis deve servir para muitos tratamentos , Deus criou tudo com utilidade e ela não foi feita para ser usada como droga , e sim como remedio pois faz parte do ecosistema..

        porem dificilmente os poderosos vão liberar pois levaria a falencia muitos laboratorios q deixariam de vender remedios tão caros .. a intenção deles não é curar ninguem , por que se curarem perdem o cliente … o interessante é que todos sejam dependentes de drogas legais (“remedios”) por que pagam impostos enriquecem o pais né …
        muito engraçado a maconha é proibido mas o cigarro que faz um mal ainda maior e varios cancerosos , trombose ,grangrena entre outros ,e a cachaça são liberados né , são grandes os impostos ..agora se traficante começasse a pagar impostos para o governo ao inves de pagar para policia ficar quieta , acho que pensariam na liberação.

        que pais é esse???? acho que todos sabem a resposta

  3. renato

    Tremedeira sim, ajuda na diminuicao, porem sem abusar tanto senao logo mais nego fica com cagoete de enrolar e td…me trato a 6 meses fumando meio beck por dia 1 hora antes de dormir e senti grandes diferencas no sono e descanso

    1. Oi, Renato! Obrigada pelo seu depoimento! Realmente, é bom saber dosar segundo cada paciente, daí a importância da legalização do cultivo caseiro e uso medicinal, pois só assim poderemos abordar o assunto às claras, sem tabus! 🙂 Obrigada, volte sempre e muita paz! Bjo

      1. laize

        concordo , e tenho certeza que as propriedade terapeuticas da cannabis deve servir para muitos tratamentos , Deus criou tudo com utilidade e ela não foi feita para ser usada como droga , e sim como remedio pois faz parte do ecosistema..

        porem dificilmente os poderosos vão liberar pois levaria a falencia muitos laboratorios q deixariam de vender remedios tão caros .. a intenção deles não é curar ninguem , por que se curarem perdem o cliente … o interessante é que todos sejam dependentes de drogas legais (“remedios”) por que pagam impostos enriquecem o pais né …
        muito engraçado a maconha é proibido mas o cigarro que faz um mal ainda maior e varios cancerosos , trombose ,grangrena entre outros ,e a cachaça são liberados né , são grandes os impostos ..agora se traficante começasse a pagar impostos para o governo ao inves de pagar para policia ficar quieta , acho que pensariam na liberação.

        que pais é esse???? acho que todos sabem a resposta

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.