CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > SAÚDE > Estudo aponta benefícios da maconha no tratamento de lesões cerebrais

Estudo aponta benefícios da maconha no tratamento de lesões cerebrais

Quando o assunto é cérebro, tudo leva a crer que a maconha faz muito mais bem do que mal. Ao menos é o que sugere um novo estudo publicado  na revista científica Cerebral Cortex. Conduzida por uma equipe multidisciplinar da Universidade de Madrid, na já legalizada Espanha, a análise encontrou evidências de que a ativação dos receptores de canabinoides presentes naturalmente no corpo humano tem benefícios neuroprotetores, o que pode ajudar o cérebro a se recuperar de lesões traumáticas.

Segundo os cientistas envolvidos, “os resultados forneceram a primeira evidência do envolvimento do sistema endocanabinoide na ação neuroprotetora da minociclina em edema cerebral, comprometimento neurológico e lesão axonal difusa, uma vez que todos estes efeitos foram impedidos pelos antagonistas dos receptores CB1 e CB2. ”

A conclusão do estudo sugere que a ativação do sistema endocanabinoide pode aumentar os efeitos benéficos de outras drogas para recuperação do cérebro, além de ter, por si só, vasto potencial neuroprotetor.

Embora não estejam diretamente relacionados, os resultados ajudam a validar outra pesquisa divulgada no início deste ano, que aponta que mesmo quantidades muito pequenas de canabinoides – no caso, o THC – podem proteger o cérebro após acidentes, incluindo convulsões, exposição a drogas tóxicas e falta de oxigênio.

*Fonte: Cerebral Cortex; The Joint Blog

You may also like
México regulamenta uso terapêutico da maconha
5 benefícios do CBD para atletas
Ciência conclui que é melhor transar chapado do que bêbado
Nova pesquisa aponta eficácia do THC no combate à covid-19

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.