CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > SAÚDE > Canabinoide pode diminuir a frequência das convulsões em epiléticos

Canabinoide pode diminuir a frequência das convulsões em epiléticos

Nem só de THC e CBD é feita a maconha. Outros canabinoides presentes na planta também possuem propriedades medicinais, a exemplo do cannabidivarin (CBDV), que pode diminuir as convulsões e até suprimi-las por completo. Isso é o que indicam as pesquisas da Universidade de Reading, no Reino Unido, que já pesquisa o assunto há algum tempo.

Segundo o resumo do mais novo estudo na área, “em acordo com os achados anteriores, o CBDV diminuiu significativamente gravidade das crises induzidas por PTZ, aumentando a latência para o primeiro sinal de convulsão”.

A conclusão é a que os “resultados fornecem a primeira confirmação molecular dos efeitos observados do canabinóide anticonvulsivante não- psicoativo , CBDV, após convulsões induzidas quimicamente e servem para sublinhar a sua adequação para o desenvolvimento clínico”.

You may also like
5 benefícios do CBD para atletas
Nova pesquisa aponta eficácia do THC no combate à covid-19
CBD auxilia usuários que desejam abandonar consumo de maconha
Se combinados, café e cannabis podem prolongar a brisa

3 Responses

  1. ahh, sou prova viva disso realmente, eu cheguei a ter uma convulsão, e comecei a tomar remédios, e quando eu comecei a fumar a maconha eu larguei tudo, e isso ja faz um ano. E até agr não tive nenhum indicio de convulsão ou epilepsia..

  2. fabiane ferreira

    meu marido tem epilepsia refratária de dificil controle e gostaria muito de ajuda-lo, ja fizemos varias combinações com farmacos e numa tentativa, quem sabe a maconha medicinal pode ajuda-lo, agora como conseguir isso, se no brasil e totalmente proibido.

    1. Pois é, Fabiane, o primeiro passo é se unir aos movimentos anti-proibicionistas, como a Marcha da Maconha, e nos ajudar nessa luta contra a proibição de uma planta que, além de não trazer riscos à saúde, ainda representa a cura.
      A segunda coisa a fazer é cultivar sua própria erva. Neste caso, sugiro que acessem o Growroom para mais informações e o passo-a-passo para iniciar um jardim florido.

      Beijos e boa sorte!

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.