CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Washington registra abertura das primeiras lojas de maconha recreativa

Washington registra abertura das primeiras lojas de maconha recreativa

Na terça-feira (08/07) as primeiras lojas de venda de maconha recreativa abriram as portas no estado de Washington, nos Estados Unidos. Desde janeiro deste ano, o consumo de cannabis está permitido no estado, mas a comercialização legal só começa agora, quase dois anos depois de referendo que tratou da legalização da erva.

Produtores locais passaram a última semana se preparando para fornecer material para lojas, cujas licenças começaram a ser emitidas nesta segunda-feira.

Alguns comerciantes receberam a notificação de que estão autorizados a abrir suas lojas durante a madrugada. Há expectativa de que, nesta fase inicial, as vendas sejam marcadas por escassez de produtos e preços elevados, por conta da quantidade ainda limitada de maconha produzida legalmente.

No Colorado, as vendas legais de maconha para uso recreativo começaram no início do ano. O primeiro mês de comercialização rendeu US$ 2 milhões aos cofres do estado americano. As receitas totais dos vendedores de erva foram de US$ 14 milhões no período.

Em novembro de 2012, Washington e Colorado se tornaram os primeiros estados americanos a aprovar o uso recreativo de cannabis, com emenda à Constituição estadual. A medida ocorreu depois que a maioria da população nesses locais apoiou a proposta, por meio de referendo.

Clique aqui para saber mais sobre a legalização da maconha nos Estados Unidos.

*Fonte: O Globo

**Foto: Ted S. Warren / AP

You may also like
Tailândia vai distribuir 1 milhão de mudas de maconha para a população
Ex-astro da NBA investe R$ 476 milhões em empreendedores negros da indústria canábica
Califórnia está cultivando mais maconha legal do que consegue vender
Estudo: 15% dos trabalhadores usam maconha no home office

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.