Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > MEDICINAL > Maconha pode prevenir e tratar o câncer de colo do útero

Maconha pode prevenir e tratar o câncer de colo do útero


Espalhe a boa !
  • 652
    Shares
Com aproximadamente 530 mil casos novos por ano no mundo, o câncer do colo do útero é o quarto tipo de câncer mais comum – e fatal – entre as mulheres.

No Brasil, em 2016, são esperados 16.340 novos casos, com um risco estimado de 15,85  casos a cada 100 mil mulheres, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA).

E adivinha qual planta pode auxiliar no combate à doença? A maconha, claro!

Segundo um recente estudo publicado pela revista BMC Complementary and Alternative Medicine, o canabidiol (CBD) pode não só prevenir o crescimento de tumores no colo do útero, mas também induzir a morte das células cancerígenas.

“Neste estudo, comparamos os efeitos anti-proliferativos do extrato bruto de Cannabis sativa e de um de seus principais compostos, o canabidiol, em diferentes linhagens celulares do cancro do colo do útero”, relatam os cientistas no resumo do artigo científico.

Através de análises de crescimento celular, triagem fitoquímica, citometria de fluxo e análise da morfologia, dentre outros testes, a pesquisa concluiu que a cannabis é capaz de inibir o desenvolvimento tumoral.

“Os resultados obtidos indicam que tanto o canabidiol como os extratos de cannabis sativa foram capazes de impedir a proliferação de células cancerosas en todas as linhas celulares a várias concentrações.”

Clique aqui para acessar o estudo na íntegra.

You may also like
Rede de fast food lançará hambúrguer com CBD em comemoração ao Dia da Maconha
Em Londres, academia de ginástica investe em aulas de alongamento turbinadas com CBD
Tratamento com CBD pode reduzir o consumo de cocaína
CBD auxilia no tratamento de problemas causados pelo uso de álcool

Leave a Reply