Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
“Oh Jah!
Derrama em mim teu espírito de sabedoria.
Pra que eu acorde, entre no busão e me livre das patifaria.
Pra que eu trabalhe cedo, e me recolha cedo.
Sem medo de esperar um novo dia.
Seja na minha vida o equilíbrio que nela falta,
a sede que corre atrás da água,
o filho que dá fé se arma!
Livra os moleques das sombras ruins.
Livra os moleques de ter logo cedo um fim.
Minhalma na tua paz habita, meus passos se guiam pela tua música.
Quero o bem pra mim e pra quem me cerca.
Quero ser sem fim, por onde a planta me leva.”

*Por Poesias Marolas (IG: @poesiasmarolas)

Inscreva-se em nossa newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba novidades diretamente em seu e-mail

Você se inscreveu com sucesso