CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > CULTURA > LITERATURA > 5 livros chapantes para ler durante o #CarnavalemCasa

5 livros chapantes para ler durante o #CarnavalemCasa

/

Devido à pandemia descontrolada no Brasil, em 2021 não teremos Carnaval por aqui. Para você que tem o mínimo de noção e empatia para não aglomerar por aí, preparamos um guia de leitura com 5 opções de livros chapantes para ler durante o período.

Que tal aproveitar o #CarnavalemCasa para fazer a cabeça com livros chapantes?

Afinal, nada melhor do que uma boa literatura para nos fazer viajar por paisagens mentais das mais alucinantes.

Pensando nisso, selecionamos 5 livros de gêneros variados ideais para ler enquanto a fumaça sobe pelos ares:

1- Cartas da prisão de Nelson Mandela

Autor: Nelson Mandela

Editora: Todavia

Sinopse: Nelson Mandela esteve preso entre 1963 e 1990. Foi proibido de ir ao enterro de sua mãe e ao funeral do filho. Negavam-lhe consultas médicas, acessos a livros, visitas. As mais de duzentas cartas aqui reunidas, a maioria inéditas, são testemunhos pungentes desse período. Cem anos após o nascimento do grande líder, trazem doses generosas de sabedoria, dignidade e sentimento de justiça – virtudes ameaçadas pelos fundamentalismos do século XXI.

2- O diário de Anne Frank

Autora: Anne Frank

Editora: Record

Sinopse: O depoimento da pequena Anne Frank, morta pelos Nazistas após passar anos escondidas no sótão de uma casa em Amsterdã, ainda hoje emociona milhões de leitores. Seus diários narram os sentimentos, os medos e as pequenas alegrias de uma menina judia que, como sua família, lutou em vão para sobreviver ao holocausto.

Lançado em 1947, O diário de Anne Frank se tornou um dos livros mais lidos do mundo. O relato impressionante das atrocidades cometidas contras os judeus faz desse livro um precioso documento e uma das obras mais importantes do século XX.

3- Neil Young – A autobiografia

Autor: Neil Young

Editora: Globo Livros

Sinopse: As letras e canções de Neil Young revelam os últimos quarenta anos de sua carreira em 34 discos de rock, folk e música country, com toques de blues, techno e outros estilos. Elas estão entre as mais populares músicas de todos os tempos. Desde os seus primeiros dias com a banda Bufallo Springfield passando pela sua carreira solo e pela participação nos grupos Crosby, Stills, Nash & Young e Crazy Horse, além de várias outras parcerias com músicos e grupos, Neil Young é reconhecido e aclamado tanto pelo seu talento musical quanto pela sua integridade artística.

Ativista político, ambientalista e filantropo, Neil Young vem se envolvendo em diversas causas e atividades beneficentes, entre elas a Farm Aid e a Bridge School, que cuida de crianças com necessidades especiais

4- Fahrenheit 451

Autor: Ray Bradbury

Editora: Biblioteca Azul

Sinopse: Um livro para ler e pensar: “caraca, parece o Brasil do Bolsonaro, como também lembra a Alemanha de Hitler”. Considerado uma distopia – ou “antiutopia” – Fahrenheit 451 é um livro de ficção científica daqueles que parecem estar falando do futuro, mas na verdade está atacando o passado recente e o presente.

Uma obra atemporal, que narra a história de um Estado totalmente totalitário onde os livros configuram uma ameaça ao sistema e são proibidos de circularem entre as pessoas. Dessa forma, os bombeiros – em vez de apagarem incêndios – assumem a missão de exterminar toda a literatura existente.

5- A Revolução dos Bichos

Autor: George Orwell

Editora: Companhia das Letras

Sinopse: Verdadeiro clássico moderno, concebido por um dos mais influentes escritores do século XX, A revolução dos bichos é uma fábula sobre o poder. Narra a insurreição dos animais de uma granja contra seus donos. Progressivamente, porém, a revolução degenera numa tirania ainda mais opressiva que a dos humanos.

Sem dúvida, uma das melhores sátiras já escritas sobre a face perversa da história moderna. A semelhança com nossa atual realidade chega a ser assustadora.

*Por: Rapha Ramos, ativista e viciado em livros

**Junte-se à roda do Maryjuana no Telegram.
You may also like
“O Manifesto da Cannabis”: livro de Steve DeAngelo é lançado em português
Morre a atriz Maria Alice Vergueiro, de ‘Tapa na pantera’, aos 85 anos
Guia de temperaturas para vaporizar cannabis
Verdinha: nova música de Ludmilla faz referência à maconha

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.