CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Parlamento da Alemanha aprova uso medicinal de cannabis para doenças graves

Parlamento da Alemanha aprova uso medicinal de cannabis para doenças graves

O Bundestag, a câmara baixa do parlamento da Alemanha, aprovou no dia 19/1, por unanimidade, uma reforma legislativa que permitirá receitar com financiamento público medicamentos a base de cannabis para doentes graves que não têm outra alternativa terapêutica.

Segundo o projeto aprovado, para garantir o abastecimento das farmácias, será permitido a plantação de maconha com fins medicinais no país. Em casos excepcionais, os países também poderão receber receitas de remédios com os princípios ativos dronabinol e nabilon.

Nos relatórios enviados ao parlamento, o governo explicou que 647 pacientes alemães já tinham em abril do ano passado uma autorização específica do Instituto Federal de Remédios e Produtos Sanitários para comprar maconha medicinal. Com as novas regras, eles precisarão apenas da receita médica para adquirir o produto.

Segundo o projeto, o custo médio dos tratamentos que estavam autorizados com remédios de flores de cannabis era de 540 euros mensais. Havia casos, porém, que o valor subia para 1.800 euros.

A Alemanha importou em 2014 um total de 48 quilos de cannabis para esse fim. A quantidade aumentou para 94 quilos em 2015. O principal local de importação é a Holanda.

O governo deixou claro que as novas regras não representam, em nenhuma hipótese, a legalização da cannabis no país. A intenção é apenas colocar à disposição de pacientes com doenças graves um produto terapêutico com controle de qualidade e prescrição médica.

Os doentes que utilizarem esses remédios participarão, além disso, de forma anônima, de um estudo no qual os médicos compartilharão diagnósticos, tratamentos e efeitos para analisar o impacto e os benefícios dos medicamentos.

*Por: EFE

You may also like
Mercado de CBD vê ameaça após decisão do STJ sobre rol da ANS
Estudo brasileiro demonstra eficácia da cannabis contra superbactérias
Maconha pode ser alternativa para tratar artrite e dor nas costas
Estudo aponta que maconha reduz a dor, mas piora o autocuidado

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.