CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > ESTILO DE VIDA > TURISMO > Chapando com os fantasmas: hotel mal assombrado em Denver pretende criar área para consumo de cannabis

Chapando com os fantasmas: hotel mal assombrado em Denver pretende criar área para consumo de cannabis


Já imaginou que louco seria fazer a cabeça em um cenário luxuoso – e mal assombrado? Pois é exatamente esta a proposta de um hotel histórico localizado em Denver, no Colorado.

Instalado no bairro de Capitol Hill, o Patterson Inn costuma atrair hóspedes interessados pelas histórias sobrenaturais que rondam o seu passado. E, no que depender da gerência, em breve o local também atrairá os maconheiros, que terão a oportunidade de consumir cannabis em seu interior.

“Minha intenção é criar um espaço de café: um lugar onde você possa fazer um lanche leve, desfrutar de bebidas não-alcoólicas e consumir cannabis em um ambiente adulto responsável”, declarou o proprietário Chris Chiari à rede de TV local KFOR.

O local não ganhou a fama de mal assombrado por acaso. Construído pelo milionário Thomas B. Croke em 1890, o majestoso castelo – que só foi convertido em hotel em 2013 – acumula uma série de histórias bizarras. Embora ninguém saiba ao certo o que aconteceu em seu interior, há rumores de que uma menininha foi enterrada no porão.

Além disso, outros fatos bizarros ocorreram na década de 1970, quando o casarão passava por reformas. Do dia para a noite, sem a menor explicação, o trabalho da equipe de construção foi completamente arruinado. Presumindo que se tratavam de invasores criminosos, os responsáveis pela obra deixaram dois cachorros para garantir a segurança do local. No dia seguinte, os animais foram encontrados mortos, após despencarem da janela do terceiro andar.

Lendas à parte, o fato é que o casarão abriga hoje um renomado e luxuoso hotel que pretende aproveitar a legalização do uso recreativo da cannabis no estado norte-americano do Colorado para diversificar o perfil de seus clientes.

“Eu acho que podemos oferecer um cenário legal por causa do passado assombrado e da rica história sobre os espíritos que vivem dentro do prédio”, completou Scott Allen, gerente-geral do Patterson Inn.

Entraves regulatórios

A ideia de criar uma sala específica para o consumo de cannabis dentro do hotel ainda não saiu do papel por questões regulatórias, uma vez que o estabelecimento fica dentro de uma zona urbana que proíbe os chamados “lounges” canábicos.

A atual lei do Colorado proíbe a existência de tais espaços a menos de 300 metros de escolas, centros de recreação e piscinas públicas.

No entanto, os proprietários do hotel já estão em contato com advogados, que pretendem lutar para reverter essa decisão, permitindo que os hóspedes, muito em breve, possam fazer a cabeça e brisar em histórias de fantasmas

E você, teria coragem de fumar um nesse castelo mal assombrado?

Que tal turbinar a sua mente?

O conteúdo deste site foi criado por mentes turbinadas com café (Mary4:20)! 

SAIBA MAIS

 

You may also like
Governador de Nevada propõe perdão aos condenados por porte de maconha
High Times inaugura rede de dispensários em Michigan, nos EUA
Ação judicial pretende forçar a DEA a reclassificar a cannabis nos EUA
Estados com cannabis legal registram menos problemas relacionados ao vaping nos EUA

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.