Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Deputados uruguaios aprovam a legalização da venda de maconha

Deputados uruguaios aprovam a legalização da venda de maconha


Espalhe a boa !

Jemt, é muita emoção! Os hermanos uruguaios estão a um passo de legalizar a maconha! O projeto que prevê a regulamentação da produção e venda da erva acaba de ser aprovado na Câmara dos Deputados e segue agora para o Senado, onde a expectativa é que passe sem maiores dificuldades! Com isso, esperamos que o Brasil – e toda América do Sul – abra os olhos para as propriedades medicinais, econômicas e industriais da canábis, deixando o preconceito e a hipocrisia de lado.

Confira abaixo a íntegra da notícia publicada pelo G1 e pode comemorar: VIVA PEPE! VIVA URUGUAI!

Câmara do Uruguai aprova a legalização da venda da maconha 

Projeto será enviado ao Senado para sua sanção definitiva. Texto prevê que Estado tenha controle da produção e venda da cannabis.

A Câmara do Uruguai provou na noite desta quarta-feira (31) a legalização da venda da maconha. Agora, o projeto segue para sanção do Senado. Se aprovado, o país será o primeiro do mundo a adotar tal medida. O projeto apoiado pelo presidente José Mujica prevê que o Estado assuma o controle de todo o processo de produção e venda de cannabis.

Em outros países, como Holanda, Espanha e alguns estados dos Estados Unidos, é permitida apenas a produção, o cultivo em clubes ou o consumo com restrições de maconha, de acordo com os casos.

O texto foi aprovado com 50 votos a favor entre 96 deputados, graças ao partido governista Frente Ampla (FA), que conseguiu impor uma maioria suficiente na Casa, impedindo a oposição de bloquear a proposta.

O projeto uruguaio foi lançado em junho de 2012 como parte de uma série de medidas para combater o aumento da violência.

‘A venda de maconha por parte do Estado para os consumidores registrados é algo inédito em nível mundial’, disse à agência de notícias France Presse (AFP) Ivana Obradovic, que liderou o estudo de políticas públicas e sua avaliação no Observatório Francês sobre Drogas e Toxicomanias (OFDT).

Até agora, há modelos de legislação nos quais se permite o cultivo pessoal com fins recreativos, como no caso dos estados do Colorado e de Washington, nos Estados Unidos, da Espanha -com clubes sociais de maconha- e da Holanda, conhecida desde 1976 por seus históricos ‘coffee shops’, lojas que vendem drogas.

*Fonte: G1
**Foto: Miguel Roho/AFP
You may also like
Luxemburgo será o primeiro país da Europa a legalizar a maconha
Cannabis medicinal X maconha dos vagabundos
Após reunião com Bolsonaro, Toffoli deve retirar descriminalização da maconha da pauta do STF
Conheça as duas empresas latino-americanas pioneiras na exportação de maconha para a Europa

3 Responses

  1. Paulo

    Fantástico! Muita gente não vai se dar conta, mas isso é um marco histórico do desmonte ao proibicionismo. E o mais importante é que vai ser permitido o auto-cultivo e a associação em clubes de cultivo. Agora é torcer para nada dar errado, e talvéz ano que vem essa lei já esteja em vigor.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.