CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Governador de Nova York legaliza maconha medicinal

Governador de Nova York legaliza maconha medicinal

Mal começou e 2014 já mostrou que tem tudo para ser um dos anos mais legalizados de todos os tempos. Dessa vez, o estado de Nova York se transformou no 21º dos EUA a legalizar a maconha com fins terapêuticos. De acordo com a ordem, concedida pelo governador Andrew Cuomo na última quarta-feira (08/01), a posse de maconha será autorizada para pessoas em condições debilitantes, a exemplo de pacientes com câncer, glaucoma e dores crônicas.

Para usuários recreativos, a posse de maconha continua sendo crime passível de multa, advertência ou pena que pode variar de três meses a 15 anos de prisão, dependendo da quantidade apreendida.

Cheia de limitações, a nova lei autoriza apenas 20 hospitais a prescreverem a erva. Cuomo espera garantir infra-estrutura suficiente para o funcionamento dos dispensários até o final do ano, com o objetivo de distribuir a maconha. Um “programa será estabelecido para qualificar e tornar elegíveis participantes que possam encontrar alívio de seus sintomas”, afirmam documentos oficiais.

Embora signifique um grande passo em relação à legalização num dos estados norte-americanos mais severos em relação à maconha, ativistas pró-cannabis criticam duramente a lei. “Se o governador e os legisladores concordam que a maconha medicinal pode ajudar a combater doenças sérias, eles devem e podem adotar um sistema que realmente permita essas pessoas usarem a maconha – disse Karen O’Keefe, diretora do Projeto de Políticas da Maconha. Outra crítica diz respeito ao fato que, dependendo da interpretação da medida, as crianças podem ser excluídas do acesso à maconha medicinal.

Confira a quantas anda a legalização da erva na terra do Tio Sam:

la-medical-marijuana-laws-nationwide

* Fontes: Los Angeles Times, O Globo

You may also like
Califórnia está cultivando mais maconha legal do que consegue vender
Estudo aponta que maconha reduz a dor, mas piora o autocuidado
Estudo: 15% dos trabalhadores usam maconha no home office
New Orleans aprova medidas para descriminalizar o uso de maconha

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.