CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Colorado introduz novas mudanças na lei após legalização da maconha

Colorado introduz novas mudanças na lei após legalização da maconha

O Colorado continua surpreendendo no quesito legalização da maconha. A recente liberação do uso recreativo da erva tem provocado significativas mudanças nas normas sociais do estado,  que busca se adaptar ao surgimento e rápida expansão desta nova indústria.

Para seguir o ritmo e não perder o controle da situação, as autoridades se agitam em torno de novas leis e regras que aos poucos estão sendo colocadas em prática.

Segundo reportagem da Agência Efe, na segunda-feira (dia 24/03/2014) a Suprema Corte do Colorado deu mais um importante passo para o fortalecimento do mercado canábico. A partir de agora, os advogados locais estão autorizados a oferecer serviços aos donos de negócio relacionados com a legal sem o temor de serem sancionados pelo possível descumprimento das regras éticas.

Em sua decisão, o tribunal estadual indicou que oferecer serviços legais à indústria da maconha não trará problemas aos advogados, mesmo que a maconha continue sendo ilegal em nível federal.

BOMBEIROS TERÃO TREINAMENTO ESPECIAL PARA INCÊNDIOS RELACIONADOS À GANJA

As autoridades de Denver também anunciaram nesta semana que modificarão o treinamento dado aos bombeiros e policiais para adequá-lo aos casos de incêndios provocados por acidentes no cultivo e no preparo da maconha em edifícios desta cidade.

A medida em questão foi aderida depois da explosão de uma casa no último domingo, quando três homens “cozinhavam” maconha.

Após o incidente, Ryan Nuanes, subchefe dos bombeiros de Denver, afirmou que esse tipo de explosão “vem ocorrendo com tanta frequência que os bombeiros terão que se preparar especificamente para estas situações”.

Além disso, apenas oito dias após a legalização, advogados da Associação de Apartamentos do Colorado pediram à Justiça local que se pronunciasse sobre o direito dos proprietários proibirem seus inquilinos de consumirem maconha, embora ainda não tenham recebido uma resposta.

ESTADO TAMBÉM INVESTE EM MEDIDAS EDUCATIVAS

Para esclarecer um pouco essa situação, o estado do Colorado criou na última semana uma nova campanha pública para educar os habitantes sobre os limites para o consumo, compra e distribuição de maconha recreativa e medicinal.

Como leis federais restringem a exibição de reclames públicos sobre maconha, a campanha só pode ser feita na internet e direcionada aos adultos.

Outra série de avisos, esta vez de maior alcance público e alguns em espanhol, enfatizarão a partir desta semana a necessidade de não dirigir veículos sob os efeitos da maconha.

A campanha inclui não só informações sobre as leis vigentes e a divergência entre as leis estaduais e federais, mas também dados sobre o impacto que a maconha tem na saúde dos consumidores.

O site da campanha também inclui informações sobre os impostos aplicados à venda de maconha, sobre o uso desses impostos para construção ou remodelação de escolas no Colorado, além de serviços relacionados com a nova indústria, como transporte, contratação de pessoal e proteção do meio ambiente.

O diretor-executivo do Departamento de Saúde Pública e Meio Ambiente do Colorado, Larry Wolk, indicou que o site foi criado para oferecer “um recurso confiável sobre os efeitos da maconha na saúde e sobre as leis” do estado.

*Fonte: Agência EFE

You may also like
Califórnia está cultivando mais maconha legal do que consegue vender
Estudo: 15% dos trabalhadores usam maconha no home office
New Orleans aprova medidas para descriminalizar o uso de maconha
Hotel boutique nos EUA oferece hospedagens para canabistas

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.